Sedã vai contra os planos globais da marca de investir apenas em SUVs e picapes

A Ford está seguindo com seu plano global de investir apenas em SUVs e picapes, produtos rentáveis em diversos mercados. Na China, a conversa parece ser um pouco diferente, principalmente agora com a apresentação do Taurus 2019, uma reestilização da geração vendida por lá desde 2015.

A plataforma é a mesma do Fusion e o motor é o 2.0 Ecoboost de 245 cv com um câmbio automático de 6 marchas. As mudanças visuais se concentraram em faróis, lanternas e para-choques, que deixaram o sedã 22 mm mais comprido, chegando aos 5,02 metros de comprimento. A versão de luxo Vignale se diferencia pela grade dianteira e detalhes de acabamentos mais refinados. 

O preço ainda não foi divulgado, mas o Taurus fica posicionado abaixo do Fusion naquele mercado. Vale lembrar que o mercado chinês tem quase vida própria contando com carros e até segmentos que não encontramos no Brasil. A própria Ford vende por lá o novo Escort, um médio que fica abaixo do Focus. 

Fotos: divulgação