Marca promete que sedã será revelado em breve na China, na versão esportivada Redline

A General Motors trabalha nos últimos detalhes antes da apresentação de sua nova linha de carros com a plataforma GEM. E, para atiçar um pouco a nossa curiosidade, divulgou um teaser do novo Chevrolet Prisma, conhecido na China como “Onix Sedan”, dizendo que será apresentado em breve. Já conhecemos o design do sedã, que apareceu no registro oficial para veículos do governo chinês. A estreia no Brasil será no 2º semestre.

Galeria: Chevrolet Prisma 2020

Assim como foi com o teaser do Tracker, novo Chevrolet Prisma aparece escurecido, revelando somente os faróis, um pouco da grade e da linha de cintura. A diferença do modelo na imagem é ter detalhes em vermelho, como as linhas na grade e no espelho lateral, além da pinça de freio vermelha. São mudanças estéticas feitas na versão Redline de visual esportivo, já usada na China em modelos como Equinox, Cruze, Orlando, Malibu e Monza.

O comunicado divulgado pela GM China dá poucos detalhes sobre o Prisma. Segundo a empresa, ele terá “um design exterior expressivo enquanto otimiza o espaço interior e o conforto. Suas tecnologias avançadas entregarão mais conectividade e desempenho eficiente não esperado para o segmento compacto.”

A conectividade se dará pela nova geração da central multimídia MyLink e deve contar com o sistema 4G LTE, já que a Chevrolet diz que irá equipar todos os seus carros com esta tecnologia após o lançamento do Cruze renovado. Já a parte do desempenho é uma alusão ao novo motor de três cilindros da empresa, nas versões 1.0 e 1.2, aspiradas e turbo.

As informações divulgadas pelo governo chinês diz que o novo Prisma terá 4,474 metros de comprimento, 1,730 m de largura, 1,471 m de altura e 2,600 m de entre-eixos. Estas medidas o deixam bem próximo do Cobalt, o que alimenta as suspeitas de que irá substituí-lo. O modelo chinês ainda terá o motor 1.0 turbo de 120 cv e 16,8 kgfm de torque.

Chevrolet Tracker 2020 - Flagra do interior
Flagra do interior do novo Chevrolet Tracker, que deve ser usado também no Prisma

Linha emergente global

E por que o novo Prisma irá estrear na China? A General Motors trabalhou com sua parceira chinesa SAIC para desenvolver uma linha global para países emergentes, usando a plataforma GEM. Ela dará origem aos novos Onix, Prisma, Tracker, Spin e uma nova picape abaixo da S10, mas no mesmo segmento que Fiat Toro.

De acordo com a Chevrolet, até 2020, um a cada dez carros da empresa vendidos mundialmente será da linha GM, subindo para um a cada cinco em 2023. E a América do Sul terá o papel mais importante neste número, pois o volume esperado na região é de 75%, enquanto a china representará 20% e 5% em outros países.