Tradição e tecnologia devem unir forças na próxima linhagem do SUV

Lançamento mais aguardado da Land Rover neste ano, a próxima geração do Defender ainda se esconde sob disfarces pesados e pouco deixa escapar sobre o novo visual. Para atenuar parte deste mistério, apresentamos a projeção acima e desvendamos as linhas inéditas que marcarão a volta do icônico SUV ao mercado nos próximos meses. Como já adiantado, o modelo terá carroceria com teto plano e extremidades quadradas (em sintonia com as linhas do utilitário original) e carregará desta vez um nível de tecnologia nunca antes visto.

Galeria: Land Rover Defender 2020

A ilustração antecipa a chamada versão 90, que terá apenas duas portas e entre-eixos curto. À primeira vista, o modelo será facilmente reconhecido como um legítimo Defender, mas pela primeira vez ganhará elementos emprestados de modelos mais sofisticados, especialmente dos primos da família Range Rover. Além disso, contará com faróis retangulares iluminados por modernas luzes de LED e lentes bem mais sofisticadas que as anteriores. A ideia é conquistar novos mercados e atrair um perfil mais abrangente de clientes, principalmente consumidores mais jovens e antenados com as novas tendências do setor.

A cabine foi descoberta recentemente através de uma foto vazada e contará com recursos tecnológicos de última geração, incluindo quadro de instrumentos digital, sistema multimídia e câmbio com alavanca do tipo joystick. Haverá particularidades interessantes como as inscrições "Stop" (freio) e "Go" (acelerador) nos pedais e logotipos com o nome do carro espalhados pela cabine.

Na mecânica, é praticamente certo que o modelo abandonará a estrutura do tipo carroceria sobre chassi em favor de um conjunto monobloco mais leve e eficiente, com suspensão independente nas quatro rodas. Na prática, será adotada a mesma plataforma D7U dos modelos Range Rover, com ganhos em economia de escala e redução de peso. A capacidade off-road vem sendo trabalhada para não ser afetada pela troca do conjunto, e a promessa da marca é manter o Defender como referência mundial em performance no fora-de-estrada.

Fotos: Divulgação e Motor1.com