Unidade é uma das mais modernas do país e abriga a partir de agora a produção do T-Cross

Ao mesmo tempo em que comemora o início da produção do SUV compacto T-Cross, a Volkswagen celebra nesta semana os 20 anos de existência da fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná. Inaugurada em 1999 como uma das mais modernas do país (posto que mantém até os dias de hoje, inclusive em nível mundial), a planta já produziu mais de 2,6 milhões de veículos e atualmente emprega cerca de 2.600 pessoas. Além de modelos da própria Volkswagen (T-Cross, Fox e Golf), também abriga a montagem de modelos da Audi, o crossover Q3 e o A3 Sedan.

No processo mais recente de modernização foram investidos cerca de R$ 2 bilhões e uma nova área de armação, com 5.500m², foi especificamente construída para viabilizar a produção do T-Cross. A VW destaca que novos equipamentos forma instalados, de modo a garantir maior flexibilidade na produção e permitir a aplicação de inovações da chamada indústria 4.0, com processos inteligentes, flexíveis e foco na produtividade. Além disso, a estamparia recebeu 158 novas ferramentas e na armação foram instalados 239 robôs (mais rápidos, precisos e eficientes), assim como equipamentos de solda a laser, que fazem a união das peças por meio de um feixe de luz.

A fábrica também recebeu seu primeiro robô colaborativo (que auxilia a montagem do eixo traseiro do modelo ao lado de um operador) e a partir de abril voltará a operar em segundo turno de produção. Dessa forma, os 500 funcionários que atualmente estão em layoff (suspensão temporária de contratos de trabalho) retornarão às atividades para acelerar a produção do T-Cross.

Chuva de SUVs

A Volkswagen prometeu lançar 5 novos utilitários no Brasil nos próximos anos e, além dos já apresentados Tiguan Allspace e T-Cross, três outros chegarão em breve. O próximo da fila é o Tarek, cuja produção na Argentina já foi confirmada e será viabilizada por meio do investimento de US$ 650 milhões na fábrica de General Pacheco. Os demais ainda seguem com identidade bem guardada, mas rumores apontam para o Atlas (provavelmente o Cross Sport de 5 lugares) e um modelo de entrada menor que o T-Cross.

Fotos: Divulgação