Modelo exclusivo foi leiloado nos EUA

Levar para casa a primeira unidade produzida de um novo modelo é sem dúvida o sonho de todo grande fã de carros, especialmente se o veículo em questão representar a volta ao mercado de um esportivo clássico. É o caso da novo Toyota Supra 2020, que teve leiloado recentemente nos Estados Unidos o primeiro exemplar fabricado da chamada geração A90. O modelo faz parte da série especial de lançamento e carrega como exclusividades a carroceria pintada na cor cinza fosco combinada ao interior vermelho (configuração única neste lote inicial de 1.500 unidades), além do capô com assinatura do CEO da Toyota, Akio Toyoda.

Chamado informalmente de Global#1, o exemplar com chassi de número #20201 (ou seja, 1º carro da linha 2020) foi arrematado pela quantia de US$ 2,1 milhões, cerca de R$ 8 milhões numa conversão direta. O leilão ficou sob responsabilidade da Barrett-Jackson, renomada casa de leilões especializada em carros, e o dinheiro arrecadado será doado para instituições de caridade. Entre elas, a American Heart Association (AHA), que desenvolve pesquisas sobre doenças cardíacas, e a Bob Woodruff Foundation (BWF), que fornece apoio para veteranos de guerra e vítimas do 11 de Setembro.

Toyota Supra 2020

No visual, o Supra pioneiro se destaca pela cor cinza fosco batizada de “Phantom Matte”, capas dos espelhos em vermelho brilhante e rodas pintadas em preto fosco. Na cabine, há couro vermelho nos assentos, volante e console central, além de apliques de fibra de carbono. Sob o capô, o motor 3.0 de 6 cilindros rende 340 cv e garante aceleração de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. O câmbio é sempre automático de 8 marchas, com tração traseira.

Fotos: Divulgação

Galeria: Toyota Supra 2020