Vendas de carros de passeio seguem em queda nos Estados Unidos

A Toyota confirmou nesta semana que reduzirá o ritmo de produção do sedã Camry na fábrica de Kentucky, nos Estados Unidos, como forma de se adequar à nova demanda do mercado. Segundo a montadora, a mudança acontecerá em uma das três linhas de produção do modelo e tem relação com a queda enfrentada pelo segmento de carros de passeio na região. O Camry, vale lembrar, já foi o produto mais vendido da Toyota na América do Norte, mas recentemente perdeu o posto para o SUV RAV4, cujas vendas batem recorde a cada semestre.

Toyota Camry 2018 - Produção

Levando em consideração apenas os automóveis, o Camry ainda lidera as vendas da marca nos Estados Unidos com 289.801 unidades entregues, porém esses números representam queda de 6,1% no acumulado deste ano na comparação com igual período de 2017. Por sua vez, o RAV4 soma 353.151 exemplares vendidos até agora, com vantagem considerável sobre o sedã. "A indústria automobilística é cíclica, e nosso processo normal é planejar proativamente meses de antecedência para ajustes de volume", disse o porta-voz da Toyota, Rick Hesterberg, à Bloomberg.

A marca não confirmou exatamente quantas unidades deixarão de ser produzidas, mas garantiu que nenhum funcionário será demitido.

Fonte: Bloomberg

Galeria: Toyota Camry 2018 - Produção