Objetivo é oferecer modelo comercialmente acessível e com autonomia de até 200 km

O plano global de eletrificação da Honda não deverá ficar restrito apenas a mercados desenvolvidos como Japão, Estados Unidos e países da Europa. Em conversa com o site indiano The Economic Times, fontes ligadas à montadora adiantaram que há projetos específicos para mercados emergentes e que os primeiros resultados devem ser revelados no começo da próxima década. Entre os principais, destaque para um modelo elétrico de baixo custo que deverá ter a Índia como primeiro grande mercado.

Detalhes sobre o veículo ainda são limitados, mas há grandes chances de ser um SUV de porte compacto e posicionamento comercial acessível. A escolha pela categoria é estratégica, tendo em vista a demanda crescente por crossovers no mundo todo e em especial nos mercados emergentes. O lançamento está programado para acontecer até 2024 e a expectativa é de que a autonomia fique entre 150 km e 200 km.

Honda City 2018

Outra novidade, esta com chegada ao mercado mais próxima, diz respeito ao lançamento de uma versão híbrida do City na Índia. Atualmente, esta variante é oferecida apenas em mercados desenvolvidos, como o Japão, e a oferta em países como a Índia pode representar uma mudança de foco da Honda. O lançamento acontecerá em 2020, provavelmente já em uma nova geração.

Fonte: Economic Times

Galeria: Honda WR-V 2019