Transmissão vem sempre associada ao motor 1.4 turbo e promete consumo de até 16,1 km/l

De forma bastante discreta, a Chevrolet passa a oferecer nos Estados Unidos opção de câmbio automático do tipo CVT para a linha Cruze. A descoberta foi feita por meio de dados de consumo registrados junto à agência de proteção ambiental EPA e posteriormente confirmados pela própria marca. A transmissão trabalha em conjunto com o motor 1.4 turbo de 155 cv a gasolina, mas é oferecida apenas para frotistas. Na prática, clientes convencionais seguem tendo como oferta apenas o câmbio automático de 6 marchas de até então.

Mais sobre o Cruze

Oferecida na linha 2019 do Cruze (aquela com visual reestilizado), a transmissão promete dados de consumo melhores que os alcançados pelo câmbio automático convencional. Os números são de 12,7 km/l em percurso urbano, 16,1 km/l em ciclo rodoviário e 14 km/l em trajeto misto. Comparativamente, as médias da caixa tradicional são de 11,9 km/l, 16,1 km/l e 13,6 km/l, respectivamente.

Chevrolet Cruze 2019

O Cruze é oferecido no mercado norte-americano também com motor 1.6 turbodiesel de 140 cv e 33,2 kgfm de torque, neste caso com câmbio automático de 9 marchas. Os dados de consumo são de 13,1 km/l em regime urbano, 20,4 km/l na estrada e 15,7 km/l em ciclo misto.

No Brasil, o modelo é oferecido apenas com motor 1.4 turbo de 150/153 cv e câmbio AT de 6 marchas. 

Fotos: Divulgação

Galeria: Chevrolet Cruze 2019