Marca estaria acelerando desenvolvimento da nova geração para recuperar espaço após chegada do Toyota C-HR

O Honda HR-V mal recebeu uma reestilização e já deve mudar de geração no ano que vem. Executivos da marca teriam explicado ao site japonês BestCarWeb que o desenvolvimento do novo modelo foi adiantado e esperam apresentá-lo no último trimestre de 2019. E por um bom motivo: o SUV compacto vendeu quase metade do que o Toyota C-HR conseguiu ao longo de 2017 no Japão, perdendo a liderança do segmento - sem contar em outros mercados.

Mais sobre o Honda HR-V:

 

Lançar a nova geração do Honda HR-V no final do ano que vem irá alterar a estratégia da empresa. O SUV compacto faz parte da família do Fit. Ou seja, o hatchback é o ponto inicial e deveria ser o primeiro a mostrar a nova plataforma e motores. Porém, com o crescimento constante do segmento dos crossovers, a Honda pode mudar a ordem.

Honda HR-V 2019
Honda HR-V 2019

A publicação japonesa explica que o próximo Honda HR-V terá uma nova plataforma e um foco maior em eficiência. Para isso, trocará o sistema híbrido atual, formado por um motor a combustão e um elétrico, pelo mesmo conjunto utilizado pelo sedã Insight, composto por um 1.5 e dois elétricos. Esta mesma mecânica já é esperada para o novo Fit híbrido. Além disso, deve receber o 1.5 turbo que estreará no HR-V europeu no ano que vem.

E como o Honda HR-V irá mudar de geração se acabou de ser reestilizado e ainda ganhou motor novo na Europa? A resposta é simples. A versão japonesa, chamada Vezel, começou a ser produzida em 2013. Nós, ocidentais, tivemos que esperar dois anos, conhecendo a versão de produção no Salão de Los Angeles de 2014, para só receber o modelo em 2015. O tempo de espera deve ser menor, pois o segmento ganhou muitos concorrentes desde então, o que pode ser o motivo pelo qual a Honda fez uma reestilização tão simples e investiu em mais equipamentos para o crossover.

Fonte: BestCarWeb

Galeria: Honda HR-V 2019