O ator de Velozes e Furiosos morreu em 2013 em um acidente automotivo

No início do ano, a Network Entertainment e a Paramout Network anunciaram que estavam trabalhando em um novo documentário contando a vida e a trágica morte de Paul Waker, ator famoso por seu trabalho na série Velozes e Furiosos. O filme, chamado "I Am Paul Walker" (Eu sou Paul Walker) será lançado no dia 9 de agosto nos EUA, segundo a CNN.

"Estamos animados em continuar nossa colaboração com a Paramount na série 'I am'", disse Paul Gertz, Presidente e COO da Network Entertainment, e que também está trabalhando como produtor executivo da produção. "Estamos orgulhosos de começar nosso acordo de quatro filmes com a Paramount com este emocionante documentário sobre a vida e o legado de Paul Walker."

Mais sobre Velozes e Furiosos:

O documentário mostrará entrevistas com colegas e amigos, não apenas falando de sua carreira no cinema, como também seu amor pela vida marinha e seu trabalho filantrópico no Haiti depois do terremoto. A produção também mostrará cenas com a família de Walker.

O ator era conhecido por sua grande coleção de carros. Ele morreu em 2013 em um acidente, quando o Porsche Carrera GT que ele estava em Santa Clarita (California) bateu em um poste, pegando fogo. Em 2014, a polícia de Los Angeles revelou que o Porsche estava a uma velocidade entre 130 e 150 km/h na hora do acidente. O motorista, Roger Rodas, também morreu.

A carreira de Walker começou com filmes como Pleasantville - A vida em Preto e Branco, Marcação Cerrada, Ela É Demais, Sociedade Secreta e Perseguição - A Estrada da Morte, somando 42 produções antes de sua morte, com 40 anos. Ele ficou mais famoso por interpretar Brian O'Conner na franquia Velozes e Furiosos.

Adrian Buitenhuisi dirigiu o documentário. O diretor trabalhou em filmes sobre Heath Ledger, Chris Farley, e Muhammad Ali. A Network Entertainment fez filmes sobre John F. Kennedy Jr., Muhammad Ali, Heath Ledger, Bruce Lee e outros.

Fonte: CNN