Aventureiro estreia sempre com motor 2.0 GDI, câmbio CVT e tração integral

Apresentada ao público na edição no Salão de Genebra de 2017, a nova geração do Subaru XV finalmente começa a ser vendida no Brasil. No site oficial da marca, o modelo aparece em duas versões de acabamento com preços que variam de R$ 114.900 (versão L) a R$ 123 mil (configuração topo de linha S). A diferença entre ambas fica por conta do nível de equipamentos, já que o conjunto mecânico formado por motor 2.0, tração integral e câmbio CVT é sempre o mesmo.

Leia também:

Entre os principais itens de série, destaque para faróis direcionais com LEDs, ar-condicionado de duas zonas, painel de instrumentos com visor digital de 6,3 polegadas, abertura e partida sem chave, freio de estacionamento eletrônico, sistema de som com 6 alto-falantes, tela multimídia sensível ao toque de 8 polegadas e câmera de ré, além de controle de estabilidade com hill-holder, airbags frontais, laterais dianteiros, do tipo cortina e para os joelhos dos ocupantes da frente e fixação Isofix.

O modelo S, mais caro, acrescenta teto solar, banco do motorista com regulagem elétrica, assistente de farol alto, detector de pontos cegos e bancos com revestimento em couro com costuras laranjas.

Subaru XV 2019
 

Debaixo do capô, o motor 2.0 boxer rende agora 156 cv (ganho de 6 cv) e está 12 kg mais leve. Desenvolve ainda 20 kgfm de torque e trabalha sempre em conjunto com a transmissão automática CVT, que simula até 7 marchas. Dados de fábrica apontam aceleração de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos e velocidade máxima de 194 km/h. Como em todo Subaru, a tração integral Symmetrical AWD garante aderência e, junto com a altura do solo de 22 cm, credencia o modelo também para uso off-road.

Fotos: Divulgação 

Galeria: Subaru XV 2019