Renascido em 2014, sedã ganha retoques no visual e revisões no motor 1.5 a gasolina

Renascido como carro-conceito em 2013 e como modelo de produção em 2014, o sedã Escort chega à linha 2018 na China com importantes novidades de estilo e mecânica. Apontado como uma das mais certeiras apostas comerciais da Ford no país, o modelo incorpora elementos inspirados em lançamentos recentes, como o próprio Focus IV, e equipamentos extras de conforto e tecnologia. Sob o capô, o motor 1.5 Ti-VCT a gasolina recebeu melhorias e tornou-se mais econômico e eficiente.

Leia também:

Por fora, a dianteira recebeu faróis resenhados e equipados com LEDs de última geração, grade frontal com novos filetes cromados e para-choque com entradas de ar mais amplas. Na traseira, há nova iluminação em LED para as lanternas e para-choque revisto, com os chamados "olhos de gato" agora integrados na parte inferior. Por fim, o interior recebeu novo quadro de instrumentos, detalhes do painel em preto brilhante e melhorias pontuais noa acabamento.

Ford Escort 2018 - China

Entre os equipamentos, controle eletrônico de estabilidade é item de série em todas as versões, assim como airbags laterais e sensor de pressão dos pneus. No quesito novidades, há bancos com ajustes elétricos e memória, sistema de entretenimento com tela de 8 polegadas, câmera de ré, faróis com acendimento automático e chave tipo keyless.

Segundo a Ford mais de 800 mil exemplares do Escort foram vendidos desde o lançamento em dezembro de 2014. "O novo Escort enfatiza nosso compromisso de continuar ouvindo nossos valiosos clientes para evoluir e atender às suas expectativas", disse um porta-voz. As vendas serão tocadas ao lado do Focus, que permanecerá em produção também na geração anterior.

Fotos: Divulgação

Galeria: Ford Escort 2018 - China

Envie seu flagra! flagra@motor1.com