Linha contaria com hatch, SUV e minivan

O futuro do Volkswagen Up! ainda é incerto, após reclamações da própria marca de que ele seria muito caro para produzir e tem uma margem de lucro baixa. A publicação alemã Auto Bild cita fontes que confirmaram a nova geração do subcompacto, que ainda crescerá para ter uma linha com um SUV compacto e uma minivan. E essa nova família estaria prevista para 2020.

Leia também:

Pelo apurado pelo Auto Bild, a nova geração do Up! iria eliminar a versão duas portas (como já aconteceu por aqui). Manteria duas ou três variantes para o hatch. Uma delas será o E-Up, totalmente elétrico e que a Volkswagen já comentou que seria um caminho para o subcompacto continuar vivo na Europa. A outra não foi definida, mas deve ser o Up GTI, recém-lançado no Velho Continente e que vem chamando a atenção da mídia especializada.

Volkswagen Taigun concept 24.07.2013

Aproveitarão a plataforma para gerar mais dois modelos. Um deles já comentamos por aqui, o SUV compacto conhecido como T-Track, uma releitura do conceito Taigun apresentado no Salão do Automóvel de 2012. Na época, a Volkswagen considerou o Taigun pequeno demais para o público, agora mudaram de ideia e retomaram o projeto. A segunda variante do Up seria uma minivan, que a publicação chamou de Space Up, voltada para o mercado europeu que ainda consome muito modelos deste tipo.

A Volkswagen irá investir para separar o Up! de suas versões de outras marcas. O Seat Mii espanhol terá um design mais marcante e esportivo, enquanto a variante Skoda Citigo será voltado para o uso de motorização elétrica. Precisam fazer isso, já que eles tem três produtos iguais circulando pela Europa.

Salão de Frankfurt: Volkswagen diz que elétrico E-Up! Concept é o

Irá manter o motor de três cilindros a gasolina para os modelos mais baratos. A ideia inicial era usar um conjunto híbrido formado por um motor 0.8 de dois cilindros e outro elétrico, mas é complexo demais – e complexo tende a levar a elevar os custos. Por isso que o caminho para uma versão ecologicamente é com o E-Up. Deve continuar com o 1.0 TSI, preparado para gerar 118 cv. Finalmente devem largar a transmissão automatizada, substituída por um câmbio automático de seis marchas com conversor de torque, o mesmo usado no novo Polo.

Fonte: Auto Bild

Galeria: VW up! GTI