Nem os argentinos receberam a nova geração, apenas a reestilização

Diversas vezes lamentamos que os argentinos tenham carros que não temos no Brasil. Porém, dessa vez, nem eles tiveram vantagens. O novo Ford Fiesta chega ao país vizinho com as mesmas mudanças que foram feitas na versão brasileira que, inclusive, é exportada para eles. 

Se antes as argentinos recebiam o Fiesta hatch do Brasil e do México, agora apenas o brasileiro é enviado para lá. Até mesmo o sedã só aguarda o fim dos estoques para sair de linha (algo que também deve rolar por aqui em breve). Em termos de construção e mudanças, eles recebem o mesmo Fiesta que nós agora, com as mudanças na dianteira, presença do SYNC 3 no interior e ajustes no câmbio PowerShift e suspensão. Mecanicamente, Fiesta mantém o motor 1.6 Sigma, rodando apenas com gasolina e 120 cv, com câmbio manual de 5 marchas ou o automatizado de 6. Não há opção de 1.0 EcoBoost.

Leia também:

Ford Fiesta SEL 2018

Porém, todas as versões recebem os controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampas como item de série para exportação, algo que temos aqui a partir da SE Style 1.6. Veja abaixo os preços e a conversão direta.

Preços Fiesta Argentina:

VERSÃO PREÇO CONVERSÃO
Fiesta S Plus Manual 329.800 pesos R$62.653
Fiesta SE Manual 340.600 pesos R$64.900
Fiesta SE Powershift 366.600 pesos R$69.856
Fiesta SE Plus Manual 356.300 pesos R$67.980
Fiesta SE Plus Powershift 381.800 pesos R$72.750
Fiesta Titanium Manual 395.900 pesos R$75.440
Fiesta Titanium Powershift 422.700 pesos R$80.545

Na comparação com os valores praticados no Brasil, o novo Fiesta chega à Argentina sensivelmente mais caro. Por aqui, os preços variam entre R$ 56.690 e R$ 75.190, com pequenas diferenças na oferta de versões.

Fotos: Divulgação

Galeria: Ford Fiesta Titanium / Titanium Plus 2018