Embora ainda conste do site da Fiat, Palio não é mais fabricado em nenhuma versão

A Fiat sempre tratou o Argo como substituto do Punto, como forma de valorizar o passe do novo hatch da marca. Mas a verdade é que o novato veio mesmo é tomar o lugar do Palio. Primeiro foram descontinuadas as versões 1.6 e 1.4, agora as 1.0 também deixam de ser fabricadas. Quem esperava que o "Novo Palio" fosse rebatizado como "Palio Fire", vai ficar esperando. "No segmento de entrada já temos Mobi e Uno", explica uma fonte ligada à Fiat. 

Fiat Palio 1.4 e 1.6
Fiat Palio 1.4 e 1.6

Acontece, então, o que já era esperado: uma gama Fiat mais enxuta, tendo Mobi, Uno e Argo fazendo a escadinha de valores entre os hatches (o 500 segue importado em baixíssimo volume). Da mesma forma, o recém-apresentado Cronos deverá aposentar o Grand Siena, além de cobrir de certa forma o espaço do finado Linea. Assim, termina aquela história de ter um carro com gerações diferentes convivendo, que no fim acabava confundindo o consumidor. 

O tiro de misericórdia no Palio foi dado pela boa acolhida do Argo 1.0, que vem respondendo por 40% das vendas. Aliás, o Argo segue num movimento de crescimento mês a mês. Agora em novembro, o modelo aparece na sétima posição no ranking da Fenabrave, com 4.051 emplacamentos até o dia 26, devendo fechar o mês com seu melhor resultado desde que chegou às lojas. Informantes ligados à Fiat dizem que é questão de tempo para que ele se estabilize nas 5,5 mil unidades mensais, que é a meta da marca para o modelo. 

Comparativo VW Polo x Fiat Argo x Honda Fit x Peugeot 208
Fiat Cronos 2018

Após o lançamento do Argo e a apresentação do Cronos, fica a expectativa pelos próximos passos da Fiat no Brasil. Sabemos que a substituta da Strada está sendo tocada, mas usando a plataforma da atual Fiorino e com "cara" de Mobi. Já as esperadas derivações picape e SUV do Argo estão com projeto congelado. 

Fotos: divulgação

Fiat Palio 2016

Foto de: Redação Brasil