Elétrico acelera de 0 a 96 km/h em incríveis 1,9 segundos e supera os 400 km/h de máxima

Em meio à apresentação do caminhão elétrico Semi, que surpreendeu pelo visual e pelos números, a Tesla causou furor ao mostrar também o nova geração do esportivo Roadster. Detentor do título de carro de produção mais rápido do mundo, o modelo acelera de 0 a 96 km/h em incríveis 1,9 segundos, superando facilmente os 400 km/h de velocidade máxima. Chega com a missão de dar seguimento aos ambiciosos planos de expansão de Elon Musk e deve começar a ser vendido em meados de 2020. Interessados já podem, inclusive, fazer reservas, mas terão de desembolsar US$ 50 mil para garantir a compra. O valor final do carro, segundo estimativas, ficará na casa dos US$ 200 mil iniciais.

Leia também:

2020 Tesla Roadster

Não sabemos a potência, pois a Tesla não divulga mais este dado, mas a marca garantiu o uso de 3 motores (1 na frente e 2 na traseira) e de uma bateria de 250 kWh. A combinação de tais atributos gera insanos 1.019 kgfm de torque e 998 km de autonomia. Segundo Elon Musk, são números suficientes para ir de Los Angeles a São Francisco sem precisar de recarga - e sempre respeitando os limites de velocidade. Mas o que chama ainda mais atenção é o fato de todos este números serem provisórios. Ou seja, quando o esportivo chegar efetivamente ao mercado, dentro de 3 anos, a cifras poderão ser ainda melhores.

2020 Tesla Roadster

No visual, o modelo adota uma versão evoluída da filosofia já presente nos Model 3 e Model S, com apelo mais emocional e linhas mais chamativas. Há espaço suficiente para acomodar até 4 pessoas e, como o nome sugere, o teto é rebatível.

Fotos: Divulgação

Tesla Roadster 2020