Novo crossover compacto deve estrear em Frankfurt como Dacia e chegar ao Brasil em 2018

A segunda geração do Renault Duster segue em testes. Apesar de ainda trazer muita camuflagem, o modelo se prepara para uma apresentação oficial ainda em 2017, com início das vendas em 2018. O mais provável é que o projeto HJD, como ele é conhecido internamente, seja mostrado em primeira mão no Salão de Frankfurt, sob a marca Dacia. Pelo que se pode ver, e pelo que já sabemos, o estilo da segunda geração será meramente evolutivo, trazendo, como maior novidade, a oferta de uma versão de 7 lugares.

Leia também:

A plataforma atual, a B0, deve passar a ser a M0, uma evolução da anterior usada hoje pelo Logan e pelo Sandero. Esqueça a CMF-B, que estreará no Nissan Juke: ela será reservada apenas a modelos mais caros. Algo estranho se pensarmos que o propósito da nova plataforma modular é poupar custos, mas que faz sentido quando se considera que a M0 já está bastante amortizada (se já não estiver completamente paga). O Duster, não nos esqueçamos, tem a proposta de custar pouco. Prova disso são os tambores de freio nas rodas traseiras.

 

2018 Dacia Duster spy photo

 

Em algumas das imagens de nossa galeria, podemos ver que o novo Duster terá três saídas de ar no painel, no centro do console, em vez das atuais duas. Também se pode ver que os dois protótipos usam motores turbinados, com o intercooler visível atrás da grade dianteira, que parece maior. A suspeita é que ele seja equipado com o motor 1.2 a gasolina. Outra possibilidade é o motor 1.5 dCi, bastante popular na Europa.

 

2018 Dacia Duster spy photo

 

No modelo acima, pode-se ver que a grade dianteira parece ter detalhes cromados, o que talvez evidencie se tratar de uma versão mais sofisticada do modelo. Os retrovisores também são novos, provavelmente trazidos de algum outro modelo da Renault. Lanternas e faróis devem manter a identidade do atual, ainda que sejam evidentemente diferentes das peças de hoje.

 

2018 Dacia Duster spy photo

 

Ao Brasil, o novo Duster deve chegar em 2018. Provavelmente com melhorias de ergonomia e acabamento que o colocarão de volta ao radar dos consumidores de crossovers compactos. A chegada da versão de 7 lugares deve torná-lo ainda mais popular se chegar a bom preço, algo em que os derivados da Dacia costumam ser muito bons em entregar.

Fotos: Automedia

Flagra do novo Dacia Duster 2018