Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium

Entre os sedans médios Premium, a Mercedes-Benz C200 Avantgarde é quase top. Isso porque ela é intermediária entre os sedãs da Classe C. Mas, com design atualizado e bom fôlego, faz bonito quando é preciso chegar bem. Confira a avaliação.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Por Alexandre Akashi Entre os sedãs médios Premium, os Classe C da Mercedes-Benz são destaque. Apesar de populares em alguns países, aqui no Brasil cumprem bem o papel de entregar certa nobreza a quem ascende de classe e categoria, quando o assunto é automóvel.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Afinal, ostentar a estrela de três pontas não é para qualquer um. Assim, o modelo da vez é o intermediário C200 CGI Avantgarde, com motor quatro cilindros turbo de 1.8 litro, que rende 184 cv de potência máxima a 5.250 rpm e torque máximo de 270 Nm na faixa entre 1.800 a 4.600 rpm.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Intermediário pois fica entre o C 180 Turbo, de 156 cv, e o C250 Sport, de 204 cv. Em comum, os três têm o mesmo motor, câmbio e carroceria, porém com calibrações, ajustes e preços distintos. Assim, o C200 Avantgarde é para quem quer um pouco mais, mas nem tanto.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Em auxílio ao propulsor, os modelos da Classe C comercializados no Brasil vêm com caixa de transmissão automática de sete velocidades, 7G-TRONIC PLUS, que oferece boa relação de marchas e otimiza o funcionamento do motor, sempre mantendo as melhores faixas de rotação, com economia, quando se quer andar tranquilo, e com agilidade, quando o pé direito fica pesado na tábua.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Nada mal, mas não chega a ser empolgante. Afinal, são 1.505 kg de carro nas costas, um peso até que otimizado para o tamanho do sedã: 4.591mm de comprimento, 2.008mm de largura e 1.444mm de altura, com porta-malas de 475 litros. Com estas medidas leva com bastante conforto cinco passageiros, e uma boa quantidade de bagagem. Espaço não falta.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Acomodado sobre rodas de 17 polegadas calçadas por pneus 225/45 na dianteira e 245/40 na traseira, o C200 Avantgarde tem bom comportamento dinâmico, graças ao sistema de amortecimento seletivo, batizado pela Mercedes de Agility Control, que se adéqua às irregularidades do piso ajustando o nível de amortecimento.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Conforto e tecnologia O C200 Avantgarde oferece conforto ao nível Mercedes-Benz de viver. O carro é macio, silencioso, de excelente dirigibilidade. Mas é carro de etiqueta e, tal como as roupas de marca, é sobrevalorizado pelo que oferece. Com preço na casa dos R$ 150 mil (Fipe: R$ 153.172), disponibiliza equipamentos comuns a qualquer modelo Premium, como sensores de chuva e crepuscular, dispositivos elétricos para ajustes de inclinação dos bancos dianteiros, regulagem de altura e profundidade do volante, piloto automático com limitador de velocidade etc.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Porém, a regulagem de profundidade dos bancos era mecânica, não havia opção de borboletas atrás do volante para troca de marchas, e o freio de estacionamento ainda possui acionamento no pé. Faltou ainda um dispositivo de auxílio de estacionamento, nem mesmo os sensores com bip-bip, quando o ideal seria uma câmera de ré. Mas, há destaques de devem ser considerados. O primeiro é em relação à segurança. Há freios ABS e airbags para todos, frontais e laterais, inclusive para quem viaja no banco de trás. Os apoios de cabeça dos bancos dianteiros são equipados com dispositivo chamado Neck-Pro, que em caso de colisão traseira, são projetados para frente, para minimizar o efeito chicote da batida. Outro dispositivo que merece atenção é o Attention Assist, que detecta sonolência e cansaço do motorista em percursos em que a velocidade é superior a 80km/h. O sistema utiliza uma série de sensores para monitorar o comportamento do motorista e avisá-lo de eventuais mudanças bruscas que podem indicar falta de concentração.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Ao volante Chegar de Mercedes-Benz em qualquer lugar significa chegar bem. A C200 Avantgarde não faz feio, pelo contrário. Ao volante, oferece boas experiências graças ao excelente conjunto motor-transmissão-suspensão. É o que ele tem de melhor, com injeção direta de combustível, caixa automática de sete velocidades e sistema de amortecimento inteligente. Se por um lado não é um carro cheio de mimos, tem o essencial. É carro para andar a mais de 200 km/h mesmo que com um pouco de esforço e um bom espaço. Mas o importante é que chega lá. Nesta situação, claro que o consumo aumenta, mas este é o preço da emoção.
Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium
Em condições calmas de condução, é silencioso, econômico e muito confortável. A grande diferença interna do C200 para o C180 é a presença de teto solar, que é muito bem vindo quando se dirige por vias livres de trânsito. O dispositivo da Mercedes-Benz foi bem projetado e não causa ressonâncias e turbulências com o aumento da velocidade. Enfim, a vida a bordo de uma Mercedes-Benz é sempre muito mais prazerosa. Galeria de Fotos: Mercedes C200 Avantgarde Texto: Alexandre Akashi Fotos: Fábio Trindade

Avaliação: Mercedes C200 Avantgarde - Média e intermediária, mas Premium

Foto de: Redação