Primeiras impressões: Mercedes GLA 2018 ganha retoques para ficar mais SUV

Para fugir do rótulo de Classe A bombado, a Mercedes deu à linha GLA 2018 um pouco mais de personalidade, digamos, SUV. Com retoques visuais, o modelo agora ostenta dianteira mais robusta, e também evoluiu em tecnologia.

 

Mercedes GLA 2018

O que é?

Lançado no Brasil em 2014, facelifit de meia vida do GLA tenta descolar o crossover do estilo do Classe A, pegando carona no estilo do GLS, maior SUV da Mercedes. Isso é notável pela nova grade com duas barras horizontais com a estrela maior, além do novo para-choque, largas aberturas de ventilação e um aplique central na parte inferior. Outra novidade é o redesenhado par de faróis com LEDs.

 

Mercedes GLA 2018

 

Na traseira, além do para-choque adotar vincos mais fundos, as lanternas ganharam a tecnologia Stardust, que altera a luminosidade em três níveis, dependendo da necessidade. Na prática, ficam mais intensas em pleno sol e mais suaves durante a noite, para não ofuscar outros motoristas.

Por dentro, as mudanças são mais discretas. Há novas cores de acabamento dos bancos, mais cromados na cabine e novos mostradores com ponteiros vermelhos.

 

Mercedes GLA 2018

 

Embora pareçam sutis, as mudanças no estilo também contribuíram para reduzir o coeficiente aerodinâmico (Cx) de 0,29 para 0,28, posicionando o GLA como o melhor do segmento e contribuindo para reduzir o nível de ruído em velocidades mais altas.

Como anda?

As opções mecânicas seguem inalteradas. Montado no interior de São Paulo, o GLA é equipado com motor turbo 1.6 com injeção direta de combustível e 156 cv (ms versões ...