Porém, acabou se tornando um SUV compacto de sucesso

Nome: Jeep Renegade Concept

Estreia: Salão de Detroit (EUA) 2008

Especificações: Dois motores elétricos de 268 cv (total) e 1.5 de três cilindros e 117 cv a diesel e servindo como gerador para as baterias. Tração nas quatro rodas com reduzida e diferencial blocante.

Porque lembramos dele: Sim, este é o conceito que adiantou o nome Jeep Renegade para o mundo. Se por um lado ele lembrava mais uma nova geração do Wrangler, a marca já falava sobre o segmento de SUVs compactos que, até aquele momento, ainda era inexplorado pelas montadoras como é hoje.

Leia também

O Renegade foi concebido como um fora-de-estrada de dois lugares. Em cada eixo, um motor elétrico dava força para passar por obstáculos (com direito a diferenciais blocantes e reduzida) alimentados por uma bateria com 40 milhas (64 km) de autonomia. Pode parecer pouco, mas há um motor diesel 1.5 de 3 cilindros servindo como gerador de energia (como acontece, por exemplo, com o BMW i3). Com um tanque, chega a 640 km de autonomia e consumo "de três a quatro vezes melhor que com um motor apenas a gasolina". 

Jeep Renegade Concept
Jeep Renegade Concept

O Renegade Concept foi produzido com materiais reciclados, como bancos e revestimentos de portas com fibra de soja, volante em alumínio e silicone e chassi feito sem a utilização de resinas tóxicas para o ambiente. Em 2014, o Jeep Renegade foi apresentado, com carroceria de quatro portas e trazendo pouco deste conceito. Por incrível que pareça, transformar este conceito em realidade não fazia parte dos planos da Jeep na época. 

Fotos: divulgação

Galeria: Jeep Renegade Concept