Eles seriam a solução para a mobilidade nestes dias de greve dos caminhoneiros

Com a greve dos caminhoneiros, está difícil encontrar combustível nos postos. Os que receberam, têm fila de espera de horas e ainda há o medo de que o combustível vendido esteja adulterado. Neste momento, os carros “verdes” fazem ainda mais sentido, por rodarem mais. Só que nem os híbridos conseguem ficar longe do posto de combustível por muito tempo, então a solução ideal seriam os carros elétricos.

O problema é que ainda não é fácil ter um carro elétrico no Brasil. Neste momento, de forma oficial, só há um veículo disponível, o BMW i3, que custa quase R$ 170 mil. Uma empresa está trazendo os modelos da Tesla por mais de R$ 700 mil, outro preço proibitivo. Diversas fabricantes já mostraram sua intenção de vender modelos EV em nosso mercado, mas os planos travam na falta de incentivos do governo.

Uma delas é a Chevrolet, que apresentou o Bolt para a imprensa e confirma que será lançado neste ano, ainda sem preços definidos. A Renault é outra que está flertando com a ideia de carros elétricos no Brasil há tempos. Tinha planos de trazer o compacto Zoe, a versão elétrica do Fluence e do Kangoo, e até mesmo o quadriciclo Twizy. Acabou oferecendo os veículos para empresas e órgãos governamentais, como os Twizy que rodam em São Paulo como carro de apoio da Porto Seguro.

A Nissan também fez testes com carros EV, tendo um programa realizado no Rio de Janeiro e São Paulo, emprestando algumas unidades do hatch Leaf para taxistas. Apesar da boa aceitação, os modelos acabaram voltando para as mãos da fabricante ao final do projeto. Agora, promete vender a nova geração do Leaf por aqui em 2019.

 

Após anos de lobby, o governo finalmente dará uma ajuda para os carros ecológicos no Brasil. Marcos Jorge, ministro interino de Indústria e Comércio Exterior, revelou que um dos planos do Rota 2030 é reduzir a alíquota do IPI dos atuais 25% (o máximo, aplicado para modelos acima de 2.0) para 7%, o mesmo que é cobrado em carros com motor 1.0. Isso já anima as fabricantes, que já fazem planos de vender elétricos por aqui, como a Chevrolet com o Bolt e a Nissan com o Leaf.

Veja na galeria acima 10 carros elétricos que tentaram a sorte no Brasil.