Primeiras impressões Volvo XC60 – O campeão voltou!

A Volvo é uma marca de poucos carros no Brasil, mas que ainda assim tem uma boa história. O XC60 foi o campeão de vendas em seu segmento entre 2009 e 2015, superando rivais de peso como Audi Q5, BMW X3, Mercedes-Benz GLC e Porsche Macan. Agora, com a segunda geração do XC60, quer repetir o sucesso, voltar à liderança e mostrar que os carros em sua faixa de preço podem ser muito seguros.

O que é?

Produzido em Ghent (Bélgica), o novo Volvo XC60 é constantemente chamado no exterior como mini-XC90. E com bom motivos. A plataforma é a mesma, a Scalable Product Architecture (SPA), base modular criada especialmente para o uso em carros de tração integral e receber sistemas híbridos – a Volvo promete lançar apenas veículos "verdes" a partir de 2019.

Volvo XC60 - evento
Volvo XC60 2018

Em relação à geração anterior, ele cresceu 9 cm de entre-eixos e 6 cm de comprimento, o que contribuiu muito com o aumento do espaço interno. O porta-malas foi de 495 para 505 litros. Há mais conforto para quem viaja nos bancos traseiros, com espaço de sobra para as pernas, mesmo com os assentos dianteiros posicionados mais para trás.

A Volvo tem mostrado como trabalhar uma identidade visual sem que todos os seus modelos fiquem iguais. A grade frontal é a mesma, cromada, com hastes na horizontal e o logo no meio. No XC60, as hastes são sólidas, enquanto as do XC90 são vazadas. Os faróis continuam com o T deitado em LED (chamado pela marca de “martelo de Thor"), só que eles encostam na grade, elemento não visto no modelo maior. Na tras...