Endurance ou Freedom? Qual a melhor para você (ou seu negócio)?

Pouco mais de 1 ano depois do lançamento, a nova Fiat Strada é um sucesso de mercado. Além de abrir vantagem na liderança da categoria e entre os comerciais leves, agora a picape compacta se posiciona como o modelo mais vendido do nosso mercado, ou pelo menos brigando unidade a unidade com o Chevrolet Onix em alguns meses. E parece que isso não mudará tão cedo. 

E um dos motivos para tal sucesso é oferecer versões desde puramente para o trabalho até para o lazer. E uma das perguntas que mais ouvimos quando falamos em Strada é se vale a pena comprar a Endurance com o motor 1.4 Fire ou partir para a Freedom ou Volcano, com o 1.3 Firefly, mais moderno. Reunimos as Strada Endurance e Freedom em suas carrocerias de cabine dupla para mostrar as diferenças entre elas em equipamentos, preços, manutenção, ao volante e para quem cada uma vale a pena.

Jogo dos "7 erros"

Não foi a toa que escolhemos as versões com cabine dupla da Fiat Strada para este comparativo. A nova carroceria com 4 portas é um destaques da nova geração da picape e conseguem servir tanto para o trabalho quanto para o lazer - para ver os testes com as versões da cabine simples, se preferir, basta clicar nos links acima. 

Galeria: Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

E não é difícil diferenciá-las visualmente. A Endurance não esconde sua preferência pela turma do batente já de cara, abrindo mão da pintura no para-choque dianteiro, dos faróis de neblina e até mesmo das calotas nas rodas de ferro de 15", já que são opcionais e estão no carro testado. Se olhar pela traseira, dá pra reconhecer pelo logo identificando a versão e a ausência da capota marítima, outro opcional. Ao menos o protetor de caçamba é de série. 

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3
Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

A Freedom já é mais social, digamos assim. Para-choque na cor do carro, faróis de neblina, rodas de 15" com pintura cinza, pintura na maçaneta e retrovisor e, nas unidades de teste, até mesmo a cor branca as diferenciava. Enquanto a Endurance usa um branco sólido, o Branco Branchisa, enquanto a Freedom já foi ao branco perolizado, o Branco Alaska, nem disponível para a básica. Ela não tem os apliques da Strada Volcano ou os faróis de LEDs, mas já tem algum charme a mais. 

Mas ao menos elas trazem o mínimo de conforto como item de série. Mesmo a Endurance, há direção hidráulica, ar-condicionado, computador de bordo, controles de tração e estabilidade com TC+ (que faz o papel de um bloqueio eletrônico de diferencial), 4 airbags e luz diurna halógena. Na Freedom, a direção hidráulica é trocada pela elétrica, há vidros, travas e retrovisores elétricos, repetidor de seta nos retrovisores, sistema de som com USB e Bluetooth e controles no volante, regulagem de altura do banco do motorista, capota marítima, trava elétrica na caçamba e diferenças nos tecidos dos bancos, apesar de ambas usarem colunas e teto em preto.

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3
Pouco muda no interior entre as 2 versões, mas sistema multimídia é um opcional disponível apenas para a Freedom.

Nem mesmo a capacidade de carga se difere entre elas. No caso das versões com cabine dupla, são 650 kg de capacidade e 844 litros, e sempre com a tampa com acionamento leve, com a ajuda de uma mola para o amortecimento na abertura e facilitar o movimento.

Fire ou Firefly?

A Strada Endurance manteve um velho conhecido do mercado brasileiro. O 1.4 da família Fire tem história no país e desenvolveu uma boa fama por sua durabilidade, confiabilidade e facilidade de manutenção, um dos motivos pelo qual a Strada vende bem para empresas há muitos anos.

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

Por outro lado, as demais versões usam o 1.3 Firefly, uma nova geração de motores da marca que inclusive originou o novo 1.3 turbo que hoje está na Toro e no Jeep Compass. Apesar de ser um aspirado sem injeção direta, tem outras tecnologias que reduzem peso e atrito e colaboram em números de potência e torque, desempenho e consumo.

Lado a lado, eles até se equivalem em alguns pontos. Por exemplo, o Firefly apostou na mesma arquitetura de 2 válvulas por cilindros para privilegiar o torque em baixas rotações, além do uso de comando único com variador de fase, como no 1.4 Fire. Com uma litragem pouco menor (1.332 cm³ vs. 1.368 cm²), tem potência consideravelmente maior, com até 109 cv diante dos 88 cv do Fire, além de uma elasticidade maior, com pico a 6.250 rpm versus 5.750 rpm. Em torque, são até 14,2 kgfm ante 12,5 kgfm, ambos a 3.500 rpm.  

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3
Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

Isso fica perceptível ao dirigir as 2 versões da Strada. A Endurance tem bom torque e é ajudada por uma relação bem curta da transmissão principalmente nas primeiras marchas, mas basta passar para a Freedom com o motor mais moderno para perceber a principal diferença. Mesmo que em números não seja uma diferença tão grande (12,5 vs 14,2 kgfm), o 1.3 já disponibiliza uma parte dessa força mais cedo que o 1.4, dando a impressão de ser um motor mais solto e leve que o antigo Fire, que inclusive mantém o tanque de partida auxiliar.

Com isso, ele permite até trocas de marchas mais cedo e menos pressão no acelerador para andar na cidade e nos devolve isso com uma leve vantagem no consumo, marcando 8,6 km/l versus 8,2 km/l na Endurance (com etanol). Ainda são boas marcas para ambas, mas a idade do Fire começa a ser perceptível nesse momento, já que a grande novidade que o Firefly trouxe foram materiais e construção justamente reduzindo atritos e peso do conjunto, o que ajuda na eficiência e no desempenho. 

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

O Fire 1.4 é um motor mais áspero, ruidoso. A Strada Endurance também tem a direção hidráulica no lugar da elétrica, que está na Freedom. O motorista lembrará disso a todo momento, com um volante mais pesado e que filtra menos o que passa no piso. Quando falamos em conforto de suspensão, as duas são semelhantes, com a mesma arquitetura e até mesmo a mesma medida de pneus, altos 195/65 R15. Para uma picape, a Strada tem uma boa estabilidade em curvas e até uma boa dose de conforto, apesar de ainda ser um pouco mais dura que um carro de passeio justamente pela traseira com o feixe de molas na traseira para levar peso. 

Apesar de não ser o foco principal da Strada, ver os números de aceleração mostram essa diferença entre as 2 motorizações. Mais do que isso, a vantagem do 1.3 na retomada de 80 a 120 km/h em 4ª marcha mostra a elasticidade do Firefly, que coloca o pico de potência em uma rotação superior e ainda entrega uma boa força em baixas. O consumo na estrada também é um pouco melhor pela menor dificuldade em manter a velocidade, apesar da mesma relação de marchas entre elas, que deixa a 5ª marcha ainda curta para esse uso - uma 6ª se encaixaria muito bem ao menos no 1.3. 

Na hora da manutenção

A Fiat não manteve o 1.4 Fire na Strada Endurance apenas para produzir uma versão mais barata. Por ser um motor mais conhecido no mercado e com maior oferta de peças e mão-de-obra, pode ser reparado em oficinas independentes com facilidade, além de diversas opções de fornecedores de componentes no mercado - nem sempre com a melhor qualidade. Para empresas, isso é importante para reduzir os custos e reduzir o tempo de carro parado em caso de pane. 

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3
Ambas possuem controles de tração e estabilidade com o TC+...
Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3
...porém a 1.4 Fire ainda mantém a partida auxiliar com tanque de gasolina.

O mesmo vale até mesmo para o sistema de direção hidráulica que, apesar de ter mais componentes que a elétrica, é consideravelmente mais simples e também mais barata na hora do reparo, mesmo que isso aconteça em um futuro não próximo. Freios e suspensão tem componentes compartilhados entre as versões, sem variação. 

Mas se a manutenção for nas concessionárias, vale pegar a calculadora. Pelo site da montadora, a Strada 1.3 tem a soma menor que a 1.4 das 6 primeiras revisões (1 ano ou 10.000 km cada) pela ausência da troca da correia de sincronismo do motor, que é feita aos 60.000 km no motor 1.4 Fire. Veja as tabelas abaixo:

  Fiat Strada 1.4 Fiat Strada 1.3
10.000 km/1 ano R$ 344,00 R$ 412,00
20.000 km/2 anos R$ 432,00 R$ 528,00
30.000 km/3 anos R$ 672,00 R$ 424,00
40.000 km/4 anos R$ 664,00 R$ 1.068,00
50.000 km/5 anos R$ 376,00 R$ 440,00
60.000 km/6 anos R$ 1.412,00 R$ 636,00
TOTAL R$ 3.900 R$ 3.508

Nas revisões que envolvem trocas de óleo e filtro, mais simples (10.000 e 50.000 km no 1.4 e 10.000, 30.000 e 50.000 km no 1.3), a Strada 1.4 tem a vantagem, assim como quando há trocas de peças como o filtro de ar e de combustível por preços menores das peças. Se for revisões por tempo nos 3 anos de garantia, a Strada 1.4 é mais barata para manter nas concessionárias. 

Na hora da compra

Na tabela de preços, a Fiat Strada Endurance 1.4 Cabine Dupla custa R$ 83.890. Como falamos na parte de equipamentos, já vem com itens básicos de conforto e de segurança, como ar-condicionado, controles de tração e estabilidade e 4 airbags. Há um Pack Worker (R$ 3.700), que adiciona capota marítima, travas e vidros elétricos e ajuste de altura do banco do motorista, mas que faz a picape passar dos R$ 87.390 cobrados pela Freedom. E os R$ 180 das calotas...

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

A Endurance inclusive perdeu o opcional de sistema multimídia que era oferecido (e equipa o carro das fotos), que a deixava mais cara que a Freedom. Há um rádio com USB e Bluetooth como opcional de R$ 1.700, mas boa parte dos compradores acabam optando pela instalação como acessórios fora da fábrica. 

A Freedom tem como opcional apenas o sistema multimídia com tela de 7" e espelhamento de smartphones, que joga seu preço para R$ 90.590. Tem tudo que a Endurance recebe inclusive como opcional, além das rodas de liga-leve, retrovisores elétricos e faróis de neblina, além do próprio motor 1.3. 

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3
Sistema multimídia com Apple CarPlay e Android Auto? Melhor optar pela Volcano nesse caso...

Nos dois casos, vale a pena ficar dentro do pacote de itens de série. Na Endurance, ir além a aproxima da Freedom. Na Freedom, já fica com preço pouco abaixo da Volcano, que tem os faróis full-LEDs e outros detalhes de acabamento extras. Nas concessionárias, a negociação é diferente, principalmente nas vendas diretas e para a versão Endurance. 

Conclusão

A dúvida entre Strada 1.4 e 1.3 deve ser respondida pelo uso da picape e do cliente. A Endurance reforça sua proposta comercial, com simplicidade mecânica e de equipamentos, mas menor custo de compra, maior facilidade de manutenção e menores custos dependendo do prazo. Abre mão de alguns confortos, mas quer ser sua melhor funcionária.

Comparativo: Fiat Strada Endurance CD 1.4 vs. Fiat Strada Freedom CD 1.3

A Freedom vai para um público menos comercial, mas que ainda fará o uso para o trabalho, sem abrir mão de alguns confortos. Não é tão barata na compra e na hora da manutenção, mas é menos despojada inclusive visualmente, porém suas prioridades não podem cruzar com a Volcano, a topo de linha. 

Fotos: Leo Fortunatti (Motor1.com Brasil)

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Fichas técnicas

  Fiat Strada Endurance 1.4 Cabine Dupla Fiat Strada Freedom 1.3 Cabine Dupla
MOTOR dianteiro, transversal, quatro cilindros, 8 válvulas, 1.368 cm3, comando único com variador, flex dianteiro, transversal, quatro cilindros, 8 válvulas, 1.332 cm3, comando único com variador, flex
POTÊNCIA/TORQUE

85/88 cv a 5.750 rpm; Torque: 12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm

101/109 cv a 6.250 rpm; Torque: 13,7/14,2 kgfm a 3.500 rpm

TRANSMISSÃO manual com 5 marchas; tração dianteira manual com 5 marchas; tração dianteira
SUSPENSÃO McPherson na dianteira e eixo rígido com molas parabólicas (feixe de molas) McPherson na dianteira e eixo rígido com molas parabólicas (feixe de molas)
RODAS E PNEUS  ferro (calotas opcionais) aro 15" com pneus 195/65 R15 liga leve aro 15" com pneus 195/65 R15
FREIOS discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e ESP discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e ESP
PESO 1.140 kg em ordem de marcha 1.167 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.474 mm, largura 1.732 mm, altura 1.599 mm, entre-eixos 2.737 mm comprimento 4.474 mm, largura 1.732 mm, altura 1.606 mm, entre-eixos 2.737 mm
CAPACIDADES tanque 55 litros; caçamba 650 kg/ 844 litros tanque 55 litros; caçamba 650 kg/ 844 litros
PREÇO R$ 83.890 (R$ 89.470 como testado) R$ 87.390 (R$ 90.590 como testado)
MEDIÇÕES MOTOR1 BR (etanol)
    Fiat Strada 1.4 CD Fiat Strada 1.3 CD
Aceleração    
  0 a 60 km/h

5,6 s

5,1 s 
  0 a 80 km/h 9,5 s

8,5 s 

  0 a 100 km/h 14,1 s 12,4 s 
Retomada    
  40 a 100 km/h em 3ª 12,1 s 11,7 s
  80 a 120 km/h em 4ª 14,2 s 12,8 s
Frenagem     
  100 km/h a 0 40,2 m 41,9 m 
  80 km/h a 0 25,1 m 25,2 m 
  60 km/h a 0

14,1 m 

14,1 m 
Consumo    
  Ciclo cidade 8,2 km/l 8,6 km/l
  Ciclo estrada 10,0 km/l

10,6 km/l

Envie seu flagra! flagra@motor1.com