Sem meias palavras, a Mercedes direciona a sua mira para clientes do rival BMW X4

Sabe o BMW X4, um SUV médio com jeitão de cupê? Pois então, a Mercedes-Benz vende no Brasil desde janeiro a sua opção o GLC 250 Coupé, a nova opção que chega para agradar àquele consumidor que quer um SUV, mas que faz questão de manter um estilo mais esportivo. A novidade custa R$ R$ 299.900.

Praticamente uma versão reduzida do GLE Coupé, o GLC 250 Coupé aposta forte no estilo, o que acaba sendo uma de suas principais virtudes. Com comprimento total de 4,73 metros, 1,60 metro de altura e 2,87 metros de distância entreeixos, o modelo compartilha a mesma base do irmão "convencional", mas difere ligeiramente nas dimensões por ser cerca de 8 cm mais longo e 4 cm mais baixo que o GLC tradicional.

 

Mercedes-Benz GLC 250 Coupe

 

Além do estilo que traz a curvatura do teto descendente, inspirados nos genuínos cupês da marca, o modelo ganha um banho de loja da AMG. O kit inclui rodas de liga leve com aro de 20 polegadas, para-choque dianteiro com desenho mais agressivo, alargadores nas caixas de roda e grade dianteira com acabamento em formato de diamantes, além de acabamento cromado nos para-choques, contorno dos vidros laterais e lanterna traseira.

Mesmo com as modificações do pacote AMG, a aerodinâmica permanece apurada, com índice Cx de 0,31. Aliado ao capricho na construção, temos vedação no entorno dos faróis, persiana no radiador e cobertura otimizada da parte inferior da carroceria. O resultado é um nível de ruído extremamente baixo dentro da cabine.

 

Mercedes-Benz GLC 250 Coupe

 

O interior segue o mesmo padrão dos demais Mercedes-Benz, com acabamento de alto nível composto pelas forrações de couro por toda a cabine. Os comandos no painel e no console central são feitos em alumínio, enquanto a tela colorida do sistema multimídia (que lembra um tablet) é controlada integralmente pela manopla sensível ao toque, posicionada no console. 

O conjunto mecânico é formado pelo motor 2.0 turbo (que gera 211 cv a 5.000 rpm e 35,7 kgfm disponíveis entre 1.200 e 4.000 rpm), transmissão automática 9G-TRONIC de 9 marchas e tração integral permanente 4MATIC. De acordo com a Mercedes, o SUV-cupê acelera de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos. Vale destacar também a presença do sistema Dynamic Select, que possibilita escolher entre os modos de condução Eco, Comfort, Sport, Sport+ e Individual. Ao alternar entre os modos de condução, além comportamento do motor para respostas mais rápidas ou conservadoras, a suspensão também é ajustada para atuar de forma mais confortável ou dinâmica. 

Em versão única, o GLC 250 Coupé vem equipado com o sistema multimídia Audio 20 CD (com GPS Garmin integrado), câmera de ré, ignição do motor por botão, Crosswind Assist (assistente de vento lateral), Attention Assist (detector de fadiga), 7 airbags (quatro laterais, dois dianteiros e um para o joelho), assistente estacionamento com Parktronic, bancos dianteiros com ajuste elétrico (com memória para o do motorista), controle de cruzeiro com limitador de velocidade, ar-condicionado automático digital com duas zonas e faróis full-LED com Intelligent Light System.

 

Mercedes-Benz GLC 250 Coupe

 

Apesar da tração integral, ao volante o GLC 250 Coupé mostra que sua vocação é muito mais estradeira. Suas rodas de 20 polegadas calçadas com pneus 255/45 e 285/40 R20 exigem um pouco de cuidado nos buracos, mas compensam ao deixar o SUV mais grudado no chão em velocidades elevadas. Por falar em andar rápido, os 211 cv de potência empurram muito bem os 1.735 kg, enquanto a tração 4x4 confere a segurança necessária para entrar em curvas sem preocupações. Claro que o centro de gravidade mais elevado limita um pouco, mas isso não tira a diversão de acelerar esse SUV "bombadão". Mesmo sem se preocupar com o gasto de combustível, em nossa rápida avaliação o consumo ficou na casa dos 9,5 km/l - média considerando trechos urbanos e rodoviários.

Como pontos negativos, o estilo cupê compromete bastante a visibilidade traseira. O vidro da tampa do porta-malas é bem reduzido e as colunas largas com o teto mais baixo atrapalham bastante a visão pelo retrovisor interno. Outro ponto a ser considerado é a capacidade do porta-malas, que perde espaço se comparada ao modelo normal, mas que mesmo assim comporta 500 litros. 

Fotos: Fábio Trindade

MERCEDES-BENZ GLC 250 4MATIC COUPÉ

MOTOR dianteiro, transversal, quatro cilindros, 16 válvulas, 1.991 cm3, turbo, injeção direta, gasolina
POTÊNCIA/TORQUE 211 cv a 5.500 rpm / 35,69 kgfm - 1.200 a 4.000 rpm
TRANSMISSÃO automático de 9 marchas; tração integral permanente 4Motion
SUSPENSÃO independente com braços sobrepostos na dianteira e traseira
RODAS E PNEUS liga leve de aro 20" com pneus 255/45 R20 na dianteira e 285/40 R20 na traseira
FREIOS discos ventilados na dianteira e traseira com ABS e EBD
PESO 1.735 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.732 mm, largura 1.890 mm, altura 1.602 mm, entre-eixos 2.873 mm
CAPACIDADES Tanque 66 litros; porta-malas 500 litros
PREÇO R$ 299.900

Mercedes-Benz GLC 250 Coupe 2017