Primeiro lote é da variante mais equipada da picape, por R$ 420 mil. Entregas acontecerão em abril

Apresentrada na quinta-feira (10), a Ram 1500 Rebel começou a pré-venda no mesmo dia. Não levou nem um dia para esgotar o lote de 100 unidades da picape, mesmo com o alto preço de R$ 419.990, na versão com todos os opcionais inclusos. Os clientes precisavam fazer um depósito de R$ 20 mil para confirmar a reserva da picape, que será entregue somente em abril de 2021.

De acordo com a Fiat-Chrysler, a pré-venda da Ram 1500 Rebel foi iniciada às 19:30 do dia 10, logo quando a apresentação online foi encerrada. Às 13:44 do dia 11 (sexta-feira), a última unidade foi reservada. A empresa não comenta se fará um segundo lote para entregas em abril, já que a picape chega efetivamente às concessionárias somente em maio, quando a versão mais básica estará disponível – e que pode ser encomendada, por R$ 399.990.

Galeria: Ram 1500 Rebel 2021 (Brasil)

“Sabíamos do grande interesse pela 1500 mas não imaginávamos que a pré-venda terminasse tão rápido. O que nos deixa confiantes de que fizemos as escolhas corretas para esse lançamento tão aguardado pelo mercado”, afirma Breno Kamei, diretor da marca Ram para a América Latina. De fato, o interesse pela picape é antigo, já que a FCA ensaia seu lançamento no país há anos, exibindo-a no Salão do Automóvel de São Paulo diversas vezes.

Ram 1500 Rebel 2021
Ram 1500 Rebel 2021 (Brasil)

A Ram 1500 chegará ao Brasil neste primeiro momento somente na versão Rebel e com um único pacote opcional chamado Level 2. De série, a picape vem ar-condicionado digital automático de duas zonas, câmera de ré, controle de cruzeiro adaptativo, faróis de lanternas full-LED, central multimídia Uconnect com tela vertical de 12”, display TFT de 7” para o computador de bordo e mais. Custa R$ 399.990. O cliente pode adicionar kit opcional, elevando o valor para R$ 419.990 para ter itens como head-up display, retrovisores interno com tela LCD e sistema de som Harman Kardon de 900 kW com 19 alto-falantes, subwoofer e cancelamento de ruídos.

Começa a ser vendida somente com o motor 5.7 V8 Hemi, abastecido somente com gasolina. Entrega 400 cv a 5.600 rpm e 56,7 kgfm de torque a 3.950 rpm. A transmissão é a automática de 8 marchas e tem tração 4x4 com marcha reduzida. Apesar dos 5,929 metros de comprimento e dos 2.610 kg, a picape acelera de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada a 174 km/h.

Em janeiro, durante a feira Consumer Electronic Show (CES), Kamei conversou com Motor1.com e confirmou a vinda da picape com três motorizações. Além do 5.7 V8 de 400 cv, o executivo disse que a marca iria oferecer o 3.0 V6 turbodiesel de 264 cv e 66,3 kgfm, além de uma variante híbrida-leve eTorque. Este sistema eletrificado usa um sistema de 48V e esta disponível tanto para o 5.7 V8 quanto para o 3.6 V6 Pentastar a gasolina de 309 cv e 37,1 kgfm. Na época, Kamei disse que a FCA ainda não havia decidido qual seria o motor híbrido para o Brasil.

Ouça nosso podcast:

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com