Homologado apenas para as pistas, é o carro de corrida mais vendido do mundo

Versão para as pistas do Porsche 911 GT3, a nova geração do Cup sempre chamou a atenção dos fãs. E como o carro de corrida mais vendido no mundo, ele não poderia ser qualquer coisa além de fantástico - pena ser vendido apenas pela divisão de competições, mas além dos competidores do Porsche Mobil 1 Supercup, ele será utilizado também em competições regionais ao redor do mundo. E ele foi bastante atualizado. 

Há diversas melhorias pelo carro, mas a mais impressionante está na mecânica. Ele ainda usa o boxer 4.0 de 6 cilindros como o anterior, mas foi melhorado para chegar aos 510 cv (ante os 491 cv do antigo). Além disso, ele pode produzir essa potência utilizando combustíveis sintéticos, reduzindo significantemente as emissões de CO2 - e mantendo o mesmo sistema de escape, que produz um dos mais belos roncos das competições. 

Além de mais potente, há grandes melhorias na aerodinâmica e grip, já que é o primeiro GT3 Cup a utilizar a nova plataforma mais larga do 911 Turbo. Com uma traseira medindo 1.902 mm de largura, ele fica 28 mm mais largo, assim como a dianteira de 1.920 mm. A nova configuração permite rodas com 12" de largura na dianteira e 13" na traseira, ótimo para melhorar a estabilidade. 

Galeria: Porsche GT3 Cup 992

Outros upgrades aparecem no interior, com bastante inspiração no 911 GT3 R, seu irmão maior. Tem ergonomia completamente revisada, uma tela colorida para as informações, controles iluminados e um novo volante em fibra de carbono. Ficou claro que a equipe de design quis produzir um carro de corrida para os pilotos de amanhã se sentirem especiais. 

O fabricante alemão também procurou melhorar os custos para as equipes durante as corridas, algo importante principalmente para as equipes menores chegarem mais perto das maiores dentro das competições. 

Porsche GT3 Cup 992

"Tivemos sucesso em nossas metas graças a um novo desenho, melhor suspensão e soluções inteligentes na parte elétrica", disse o gerente do projeto Jan Feldmann. "Com um desempenho melhorado e um cockpit otimizado, é o melhor Cup que a Porsche já produziu". 

O novo carro será utilizado a partir de 2021, com as entregas para as equipes em fevereiro do próximo ano. Segundo a Porsche, o carro custa 225 mil euros.