Projeto piloto será lançado em janeiro com 32 concessionárias em São Paulo e Paraná, oferecendo contratos de 12 até 36 meses

Buscando clientes que estão fora da marca e que não querem ter um carro próprio, a Fiat-Chrysler lança o Flua!, empresa de veículos por assinatura. A operação começa no dia 15 de janeiro, inicialmente em 32 concessionárias Fiat e Jeep em São Paulo e Paraná, em um projeto piloto por 6 meses, expandindo a partir do 2º semestre para o resto do Brasil. Os carros serão configurados pelos clientes, com a possibilidade de compra ao fim do contrato.

A Flua! irá atrás de cinco perfis específicos de cliente que não são pessoas que já compram carros da Fiat, buscando atrair quem quer um carro melhor mas sem se preocupar com revenda; profissionais liberais que precisa de um carro rapidamente; pequeno empresário que precisa do carro para trabalhar; quem se preocupa com a parte financeira e sabe dos custos fixos do carro; e de quem adotou o carro por causa do Covid-19 e quer evitar o transporte público.

Galeria: Flua! - Carro por assinatura da Fiat-Chrysler

Para participar, o interessado poderá usar a plataforma pelo site, configurando o carro como se fosse comprar o carro zero, como cor e opcionais. O veículo será produzido na fábrica, com o prazo de entrega definido já na hora de fechar negócio e as linhas de montagem irão acomodar esta demanda para não aumentar o tempo de entrega caso seja um modelo com fila de espera – como no caso da Fiat Strada.

Flua! - Carro por assinatura da Fiat-Chrysler
Flua! - Carro por assinatura da Fiat-Chrysler
Flua! - Carro por assinatura da Fiat-Chrysler
Flua! - Carro por assinatura da Fiat-Chrysler

Os planos são de 12, 24 ou 36 meses, e franquias de 1 mil, 2 mil ou 3 mil km por mês, com documentação, manutenção preventiva, assistência 24h e seguro inclusos. Decidido o prazo, o cliente recebe o contrato por e-mail e leva para uma das concessionárias que fazem parte do Flua! para finalizar o negócio. O pagamento pode ser por cartão de crédito ou boleto bancário.

Quando o contrato chegar ao fim, o cliente tem a opção de comprar o veículo com uma negociação específica, ou fazer um novo contrato. Caso não seja renovado, o veículo pode ser adquirido por uma das concessionárias para ser vendido como modelo seminovo. Obviamente, caso o contratante desista, há uma multa de 50% do valor residual.

No projeto piloto, o serviço irá oferecer oito modelos da Fiat (Argo, Strada, Toro, Cronos, Grand Siena, Doblò, Fiorino e Ducato) e dois da Jeep (Renegade e Compass). Estarão em 24 concessionárias da Fiat em Campinas, Curitiba, Ribeirão Preto, São Paulo, Sorocaba, Valinhos e Vinhedo. No caso da Jeep, são oito revendas, todas em São Paulo. Novas cidades serão anunciadas ao longo de 2021.