Van será produzida no Uruguai e voltará ao Brasil depois de 6 anos de ausência

Depois de aproximadamente 6 anos de ausência, a Ford finalmente voltará a atuar no segmento de vans comerciais no Brasil com a Transit. O lançamento nacional está programado para acontecer em 2021, mas desde já o modelo aparece no site oficial da marca. Na página, são destacados prêmios conquistados mundo afora e confirmada a produção no Uruguai a partir do ano que vem.

Como já dito, a Transit será produzida na fábrica de Nordex, empresa uruguaia dedica à montagem terceirizada de veículos. Atualmente, a companhia mantém parceria com a Kia para produção do Bongo e com a PSA para fabricação das vans Citroën Jumpy e Peugeot Expert. Em breve, passará a produzir também a picape média Peugeot Landtrek para abastecer países como Brasil e Argentina.

Galeria: Ford Transit 2020

Detalhes ainda são limitados, mas tudo indica que a Transit voltará ao Brasil na mais recente geração e com visual alinhado ao modelo europeu. Lá fora, dependendo do mercado, a van pode ser equipada com motores 3.5 V6 a gasolina com até 279 cv e 2.0 turbodiesel com 170 cv ou 213 cv. As transmissões ofertadas são manual de 6 marchas ou automática de 10 posições, com opção de tração integral.

A configuração específica para o mercado sul-americano ainda é desconhecida. De todo modo, a expectativa é montar anualmente entre 5 mil e 8 mil unidades. O índice de conteúdo local será de pelo menos 30% - limite para isentar o veículo do pagamento de Imposto de Importação. Quando chegar ao mercado, a Transit brigará diretamente com Mercedes-Benz Sprinter, Renault Master e Fiat Ducato.

Fotos: Divulgação