Convocação está relacionada à falha identificada no cinto de segurança

A Toyota acaba de anunciar no Brasil a realização de um curioso 'recall solitário' envolvendo o sedã Camry. Conforme explica a marca, o chamado envolve apenas uma unidade - produzida em 26 de agosto de 2019 - e está relacionado à falhas identificadas no funcionamento do cinto de segurança. O modelo é equipado de série com cintos traseiros com duplo sistema de travamento, mas durante o processo de produção um dos sistemas de travamento pode não ter sido montado corretamente. Dessa forma, há risco de que o cinto não seja retraído de forma adequada em casos de freadas bruscas ou colisões, aumentando o risco de ferimentos aos ocupantes do veículo.

Galeria: Toyota Camry XLE 2018

O reparo consiste na inspeção dos 3 cintos de segurança traseiros (lado direito, central e lado esquerdo) para identificar a possibilidade de existência do defeito. Confirmada a falha, será realizada a substituição do(s) referido (s) cinto(s). O serviço leva em média duas horas para ser concluído e será realizado a partir do dia 20 de janeiro de 2020.

O proprietário do veículo identificado pelo chassi JTNBZ3HK9K3011453 deve entrar em contato com a rede de concessionárias para agendamento prévio. A relação de concessionárias autorizadas para atendimento está disponível no site www.toyota.com.br.

Fonte: Toyota