Variante hatchback repete resultado do modelo Plus, com 5 estrelas para adultos e crianças

Principal órgão avaliador da segurança dos veículos vendidos na América Latina e no Caribe, o Latina NCAP divulga nesta terça-feira (26) os resultados dos testes realizados com a nova geração do Chevrolet Onix Hatch. Assim como no caso da variante sedã Plus (também já testada pela entidade), o modelo de carroceria mais curta alcançou nota máxima de 5 estrelas tanto na proteção para adultos quanto para crianças. Além disso, recebeu o selo Advanced Award pela proteção para pedestres e elogios quanto ao funcionamento dos sistemas eletrônicos se segurança (controle eletrônico de estabilidade e 6 airbags) e ao desempenho nos testes de impacto frontal, lateral e lateral de poste.

Galeria: Chevrolet Onix Hatch e Mitsubishi L200 - Latin NCAP

Segundo a entidade, a proteção oferecida à cabeça do motorista foi adequada, sendo a do passageiro considerada boa, assim como a região do pescoço de ambos os ocupantes. Na sequência, o peito do motorista e do passageiro ganhou boa proteção, mas os joelhos do motorista e do passageiro apresentaram apenas proteção marginal, pois são expostos a estruturas perigosas atrás do painel. Já a área dos pés foi considerada estável e apresentou deformação insignificante. No geral, a estrutura do habitáculo foi considerada estável.

No impacto lateral, especificamente, houve boa proteção para cabeça, abdome e pelve, e proteção adequada para o tórax. No impacto lateral de poste a proteção foi igualmente boa para cabeça, abdome e pelve, porém fraca para o peito. O ESC, por sua vez, atendeu aos requisitos regulamentares do Latin NCAP. A presença de dois SBR (Sistema de Lembrete do Uso do Cinto de Segurança) na fila de bancos dianteiros e três SBRs para as três posições traseiras também ajudou a garantir as 5 estrelas para proteção de adultos.

Chevrolet Onix Hatch e Mitsubishi L200 - Latin NCAP
Chevrolet Onix Hatch e Mitsubishi L200 - Latin NCAP

Mitsubishi L200 também foi avaliada

Além do Onix Hatch, esta rodada do Latin NCAP avaliou o desempenho da picape L200 Triton. As provas tiveram como base uma versão sem airbags importada da Tailândia (já com novo visual) e vendida em alguns países latinos - portanto, diferente do modelo brasileiro. Diante da falta de equipamentos, o resultado não poderia ser outro: 0 estrelas na proteção para adultos e apenas 2 para crianças. As provas de impacto frontal detectaram proteção pobre, de tal modo que a constatação de 0 estrela automaticamente inviabilizou a realização de testes de impacto lateral e impacto lateral de poste.

Fonte: Latin NCAP