Novo modelo poderá se chamar eTTron e terá design inspirado no icônico cupê

Após uma longa discussão que já se arrastava desde 2014, o futuro do icônico TT dentro da Audi parece que finalmente foi definido. Conforme adianta reportagem da revista britânica Auto Express, o esportivo será descontinuado nos próximos anos (provavelmente em meados de 2022) e substituído por um inédito crossover equipado com propulsão elétrica.

A decisão certamente não agradará os fãs mais puristas, mas parece ter sido a única saída encontrada pela marca para acompanhar o ritmo intenso de mudanças que afeta o mercado. Detalhes ainda são limitados, mas tudo indica que o novo modelo se chamará eTTron e terá 4,35 metros de comprimento (ou seja, será menor que o Q3).

Galeria: Novo Audi TT e TTS

Assim como o TT hoje é produzido sobre a plataforma MQB (compartilhada com vários outros veículos do grupo Volkswagen), o novo modelo também terá uma arquitetura comum: a base MEB, especialmente desenvolvida para carros elétricos. É a mesma usada pelo Volkswagen ID.3 e que será adotada por praticamente todos os novos elétricos do grupo.

As versões de entrada serão alimentadas por um único motor com potência na casa dos 200 cv e terão exclusivamente tração traseira. Já os acabamentos mais caros contarão com dois motores (um em cada eixo) e terão potência total superior a 400 cv. As baterias terão entre 45 kWh, 58 kWh e 78 kWh e fornecerão autonomia de 320 km a 550 km.

Demais informações ainda são desconhecidas, mas a expectativa é que a Audi não fuja da proposta de oferecer um modelo de pegada esportiva, alto índice de tecnologia embarcada e visual diferenciado diante do restante da gama - características que acompanham o TT desde o lançamento em 1998. A decisão de descontinuar o icônico esportivo está diretamente relacionada às baixas vendas. No acumulado do ano, por exemplo, a Audi vendeu apenas 8.756 unidades do cupê e 3.362 do roadster - no mundo inteiro.

Audi TT Offroad concept - Q4 trademark

Em outra ocasião, um importante executivo da marca já havia desabafado sobre o assunto. "Acho que há um futuro para este ícone, mas não sei se será um novo TT. Meu coração sangra quando você faz essa pergunta... Eu tenho algumas coisas que podem substituir o TT, mas não necessariamente de forma direta", disse.

Fonte: Auto Express