Versão super preparada tem suspensão off-road, motor de 213 cv e câmbio de 10 marchas

Após três meses de oferta em regime de pré-venda, a Ford finalmente oficializa na Argentina o lançamento da apimentada Ranger Raptor. Já comercializada em mercados da Ásia, Oceania e Europa, a versão é importada da Tailândia e desembarca no país com a missão de complementar a oferta da Ranger nacional. No catálogo, ocupa posição de topo tanto em termos de preço como de refinamento e preparação off-road. Os argentinos pagarão pelo modelo US$ 52.990, cerca de R$ 220.000 numa conversão direta. A garantia é de 5 anos pu 150.000 km. O Brasil, apesar de ser o maior mercado da América Latina, por enquanto está fora da rota da picape.

Galeria: Já dirigimos: Ford Ranger Raptor

Fruto de um trabalho conjunto tocado por engenheiros dos Estados Unidos, Austrália e Tailândia, a Ranger Raptor traz nível de preparação superior ao de qualquer outra Ranger. Entre outros destaques, usa suspensão Fox feita sob medida, com curso longo e amortecedor coilover Watts Link na traseira, além de rodas exclusivas de 17 polegadas calçadas com pneus BF Goodrich All-Terrain, proteção inferior adicional e o modo de condução Baja - sistema emprestado da F-150 Raptor que trava a transmissão no modo de tração 4x4, reduz a atuação do controle de estabilidade e acelera a resposta do acelerador. Outros modos de condução são: opções Sport, Weather, Mud/Sand, Rock Crawl e Normal.

Ford Ranger Raptor

Na cabine, há bancos exclusivos, detalhes do acabamento alusivos ao design da versão, sistema de entretenimento com tela de 8 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto, entre outros. No quesito segurança, destaque para controles anti-capotamento, assistentes de descida e subida, controle de rolagem de trailer e controle de carga adaptativo.

Sob o capô, o motor 2.0 diesel de quatro cilindros equipado com dois turbos gera 213 cv e 51 kgfm de torque e vem sempre ligado ao câmbio automático de 10 marchas. A paleta de cores é composta por três tonalidades: Azul Performance, Branco Ártico e Preto Ebony.

Fonte: Ford