Versão topo de linha adota nome Premier e passa a contar com conexão wi-fi

O Cruze foi o primeiro carro a estrear o sistema OnStar no Brasil. Agora, o modelo foi escolhido para ser o pioneiro na oferta de conexão Wi-Fi com 4G integrado na linha 2020. As duas configurações (LT e Premier, que substitui a LTZ) também ganham retoques no visual e acabamento. Inspirado no do modelo norte-americano, o novo design tem leves mudanças com foco em refinamento.

Chevrolet Cruze Sport6 Premier 2020

No sedã, são novos os para-choques e a grade que faz extenso uso de cromados. As rodas também são novas, com acabamento diamantado, enquanto a traseira recebe lanternas com nova disposição de luzes. O hatch Sport6 também recebe a nova dianteira, com a área dos faróis de neblina redesenhada e formato diferente do sedã. Também são novas lanternas em LED.

Na versão topo de linha, a câmera traseira passa a ser digital com maior resolução, e há um novo sistema de recarregamento de celular sem fio, além da nova geração do MyLink, que traz outra diagramação do design e oferece visualização de até 3 atividades simultaneamente (telefone, música, mapa). A versão topo de linha Premier também com conexão wi-fi 4G da operadora Claro, permitindo atualizar o sistema e usar alguns aplicativos. Como degustação, a marca oferecerá um período de três meses gratuito, com 3 GB de limite, e depois será cobrado mensalmente a partir de R$ 29,90.

Chevrolet Cruze Premier 2020

A GM também resolve uma das principais críticas do Cruze com a adoção de um botão para desligar o sistema start-stop, que sempre foi uma reclamação por parte dos proprietários. O pacote de segurança também foi aprimorado. O sistema de frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres, que funciona em velocidades entre 8 e 80 km/h, se junta aos outros sistemas ativos, como monitor de ponto cego e assistente de permanência em faixa.

Chevrolet Cruze Sport6 Premier 2020
Chevrolet Cruze Premier 2020

A parte mecânica não mudou, mantendo o motor 1.4 turbo de 153 cv e 24,5 kgfm, sempre em combinação ao câmbio automático de 6 marchas. Este mesmo conjunto equipou o Cruze nos EUA e no México até o fim da produção – que aconteceu em março passado. Os preços só serão divulgados em setembro, quando o modelo efetivamente chegará às lojas.

Fotos: divulgação

Galeria: Chevrolet Cruze 2020