Imagens confirmam: é o mesmo painel do modelo chinês

Bastou um protótipo com vidro aberto no trânsito de São Paulo para acontecer este flagra. Enviadas pelo leitor Rafael Bomtempo, as fotos mostram que, além de estar praticamente pronto para o lançamento, o Onix Sedan terá o mesmo interior que já vimos na versão chinesa. 

Flagra: Chevrolet Onix Sedan

A foto acima, colocada ao lado da foto do painel chinês, confirma a mesma estrutura para o futuro sedã nacional. A central multimídia fica em posição elevada e, assim como no Equinox, usa os botões na parte inferior com o de volume ao centro. O painel de instrumentos troca o visor digital por dois relógios analógicos (velocímetro e conta-giros) e uma tela central para o computador de bordo, além de receber iluminação branca. O volante é o mesmo utilizado na China. 

Chevrolet Onix Sedan 2020 (China)

Materiais e cores serão adaptados para o gosto do brasileiro, mas não esperamos muitas mudanças do que vimos nesta foto acima. Onde se vê o bege, deverá entrar um cinza. Já a multimídia MyLink terá nova interface, enquanto o sistema OnStar se manterá no retrovisor interno. 

Por fora, até as rodas são as mesmas do carro utilizado na divulgação na China. O novo Onix será o responsável pela estréia do novo 1.0 turbo de 3 cilindros da Chevrolet, entrando finalmente na briga com a Volkswagen. Hyundai e Fiat também preparam seu novos propulsores de baixa cilindrada e 3 cilindros. 

O novo Onix Sedan será lançado antes do hatch (que se chamará Onix Plus), mas isso só acontecerá entre setembro e outubro. Para 2020 ficará o novo Tracker, este produzido em São Caetano do Sul (SP), com a dupla Onix se mantendo em Gravataí (RS).

A nova família Onix estreará apenas com motor 1.0 turbo e câmbio automático, rebaixando os atuais Onix e Prisma para as versões Joy (embora com o visual da reestilização de 2016). Ao mesmo tempo, o Cobalt será reposicionado para o mercado frotista.