"Queremos fornecer ao cliente uma solução sustentável, acessível e com emissões zero"

A disputa protagonizada pelas gigantes do mercado automotivo em busca do domínio do setor de elétricos exige respostas rápidas às movimentações da concorrência, bem como antecipação de investimentos e revisão de prioridades. É o caso agora da General Motors, que durante o Salão de Detroit confirmou a intenção de concentrar todos os esforços no desenvolvimento de veículos elétricos, em detrimento do lançamento de modelos híbridos. Segundo o presidente do grupo, Mark Reuss, "não se pode gastar dinheiro para forçar o cliente a carregar coisas extras que talvez não sejam necessárias". "Os híbridos são apenas contramedidas para motores a combustão", completou.

"O ideal é aplicar recursos para obter respostas reais, como fornecer ao cliente uma solução sustentável, acessível e com emissões zero", disse em referência aos modelos puramente elétricos. Nesse sentido, é certo esperar avanços consideráveis na oferta de novos modelos e versões, além do mudanças no papel desempenhado por algumas marcas. A Cadillac, por exemplo, foi anunciada em Detroit como grande vitrine das tecnologias de propulsão elétrica de todo o grupo.

Por outro lado, o anúncio de Reuss praticamente decreta o fim de alguns modelos, como o Volt, e exclui qualquer possibilidade de lançamento de SUVs ou picapes equipados com esta tecnologia PHEV.

Fonte: InsideEVs

Galeria: Chevrolet Volt Premier 2016