Cupê começa a ser vendido com motores 2.0 de 149 cv e 1.6 turbo de 204 cv

Além das picapes Ford F-150 e Ranger Raptor, os argentinos terão em oferta no mercado local outro lançamento que parece passar longe do Brasil: o cupê Veloster de nova geração. Em anúncio realizado nesta semana, a Hyundai confirmou a chegada do modelo ao mercado vizinho em três versões de acabamento e com preços que partem de US$ 34.900 (cerca de R$ 135 mil numa conversão simples). A operação acontece com unidades importadas da Coreia do Sul, todas com garantia de fábrica de 3 anos ou 100 mil km.

Segundo a marca, a oferta contempla as versões 2.0 Tech 6AT, 1.6T Sport 6MT e 1.6T Ultimate 7DCT (esta última com entregas apenas a partir de janeiro). No primeiro caso, o motor 2.0 aspirado rende 149 cv e 18,3 kgfm de torque, sendo sempre associado ao câmbio automático de 6 marchas. Nos demais, o propulsor 1.6 turbo desenvolve 204 cv e 27 kgfm de força, podendo vir ligado à uma transmissão manual de 6 relações ou automatizada de dupla embreagem e 7 marchas. Dados de fábrica revelam acelerações de 0 a 100 km/h de 9,6 segundos, 7,7 s e 7,1 s, respectivamente.

2019 Hyundai Veloster

A lista de itens de série inclui suspensão independente nas quatro rodas (com multilink na traseira), freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD, 6 airbags, controles eletrônicos de estabilidade e tração, sistema de entretenimento com tela de 7 polegadas, câmera de ré, fixação do tipo Isofix para cadeirinhas infantis, luzes diurnas de LED, volante multifuncional e seletor dos modos de condução, entre outros itens. A carroceria pode vir nas cores branca, prata, cinza, vermelha, azul ou preta.

A partir do ano que vem, a Hyundai argentina oferecerá também o Veloster N, com motor 2.0 turbo de 275 cv.

Fotos: Divulgação

Galeria: Hyundai Veloster 2019 - Oficial