Tem tudo o que amamos no cupê, com a habilidade de remover a cobertura

Apenas cinco meses depois de reviver o Série 8, a BMW mexeu no modelo e criou o BMW Série 8 Convertible. O conversível mais luxuoso da marca alemã chegará às concessionárias no exterior no início de 2019. E já tem preço anunciado em vários mercados. Nos EUA, será vendido por US$ 122.395 (R$ 452 mil em conversão direta). Não há previsão de que seja vendido no Brasil, embora o novo Série 8 já tenha sido confirmado pela fabricante para o Salão do Automóvel de São Paulo, na semana que vem.

O BMW Série 8 Convertible estará disponível em duas versões. A opção a gasolina é o M850i xDrive, equipado com o 4.4 V8 biturbo de 530 cv e 76,4 kgfm de torque, trabalhando com um câmbio automático de 8 marchas para enviar a força para as quatro rodas de acordo com a demanda. A marca diz que ele acelera até 100 km/h em 3,9 segundos, enquanto a versão com teto fixo leva 3,7 s. Ambos tem velocidade máxima limitada em 250 km/h.

Na Europa, ainda contará com a versão 840d xDrive, que utiliza o 3.0 biturbo diesel de seis cilindros em linha. Produz uma potência de 319 cv e um torque máximo de 69,3 kgfm. Assim com a versão M850i, utiliza um câmbio automático de 8 marchas e também tem tração nas quatro rodas.

BMW Série 8 Cabriolet 2019
BMW Série 8 Cabriolet 2019

O estilo do conversível é praticamente igual ao do cupê, exceto pelo teto de tecido dobrado eletricamente. Quando o teto é removido, ele vai para baixo de um espaço atrás dos bancos traseiros, com costura similar ao dos painéis da porta e do console central. A cobertura ainda tem um revestimento bem sutil que imita o design de bolha dupla do teto do cupê.

O teto precisa de 15 segundos para abrir ou fechar e pode ser operado com o carro em movimento, desde que a velocidade esteja a, no máximo, 48 km/h. Para reduzir o vento dentro da cabine sem a capota, conta com um defletor que pode ser colocado atrás dos bancos dianteiros. E ainda tem como opcional aquecedores de pescoço e saídas de ar nos bancos.

Mesmo com o alto preço para o mercado global, o Série 8 Convertible não vem com tudo de série e a BMW oferece alguns extras para quem puder pagar mais. Por exemplo, há o pacote M Carbon Exterior, usando peças de plástico reforçado com fibra de carbono na grade, capa dos retrovisores laterais e no difusor traseiro. Outra opção é o sistema de som Bowers & Wilkins Diamond Surround, com 12 alto-falantes. Se o acabamento não for bom o suficiente para o cliente, é possível adicionar vidro na alavanca do câmbio, no controle da central multimídia, no botão de partida do motor e no controle de volume. Quem quiser mais tecnologia pode adicionar o pacote Driving Assistant Professional, com controle de cruzeiro adaptativo, assistente de faixa, e auxílio de evasão (que ajuda a desviar de pedestres que entrem na frente do carro).

A apresentação do BMW Série 8 Convertible para o público será no Salão de Los Angeles (EUA), no final de novembro.

Fonte: BMW