Alemã queria ter poderes sobre a norte-americana, mas Elon Musk parece ano ter gostado

Reportagem publicada nesta semana pelo jornal norte-americano Wall Street Journal revela que Volkswagen e Tesla estiveram bem próximas de fechar uma importante aliança comercial. De acordo com a publicação, executivos alemães demostraram forte interesse em adquirir uma fatia considerável da empresa californiana e chegaram inclusive a sentar na mesa de negociações com o CEO Elon Musk. Detalhes sobre as ambições da VW não foram revelados, mas a ideia era abocanhar o suficiente para ter certo nível de controle e influência sobre as decisões.

Elon Musk Warning About AI

Contrário à ideia de dividir poderes com o alemães, Musk teria vetado a negociação. "Musk não gostou do acordo porque acreditava que ele daria à Volkswagen muita influência sobre Tesla", afirma uma fonte. O executivo também estaria "profundamente desconfiado" em relação às montadoras rivais, acreditando que queriam pegar carona na tecnologia já desenvolvida pela Tesla.

Leia também

Embora não seja oficial, o interesse da VW no negócio estaria diretamente ligado aos investimentos da marca em eletrificação, que incluem a divisão de elétricos I.D. e o plano de liderar o mercado global de elétricos/híbridos nos próximos anos.

Fonte: WSJ 

Galeria: VW I.D. Crozz Concept