Versão de topo segue sendo produzida em Zárate, mas apenas para exportação

Lançada em abril como um dos modelos mais caros já oferecidos localmente pela Toyota, a versão Diamond da SW4 não teve vida longa na Argentina. Em anúncio realizado nesta semana, a marca confirmou que a variante de luxo que custava salgados 1,3 milhão de pesos (cerca de R$ 200 mil) está deixando de ser oferecida no mercado vizinho por questões basicamente fiscais. Em outras palavras, já não era possível manter a configuração nas lojas diante da desvalorização do peso e da escalada da inflação no país, além da incidência de novos impostos sobre esta faixa de preço.

Mais sobre a SW4:

Posicionada acima da SRX, a Diamond pode ser identificada pelo desenho exclusivo das rodas de 18 polegadas, grade frontal com cromado escurecido, para-choque dianteiro com protetor plástico embutido e novos emblemas. Por dentro, as novidades incluem revestimento bege nos bancos e no painel, logotipos únicos e acabamento em preto brilhante no console. Entre os equipamentos, há bancos ventilados, sistema de som JBL com 10 alto-falantes e chave com acabamento branco e dourado.

A partir de agora, a versão segue sendo produzida em Zárate apenas para exportação. No Brasil, o preço sugerido é de também salgados R$ 267.690.

Fotos: Divulgação 

Galeria: Toyota SW4 Diamond