Piloto da Red Bull liderou as três partes da classificação e quebrou o recorde da pista neste sábado

O treino classificatório para o GP de Mônaco começou com uma má notícia para Max Verstappen. Após o acidente com o holandês no 3º treino livre, a Red Bull teve que trocar a caixa de câmbio e ele perderá cinco posições no grid.

Na pista, todos os pilotos entraram com o composto hipermacio e após vários deles passarem pela primeira posição, Daniel Ricciardo fez 1min12s013 quando restavam 10 minutos para o fim do Q1, seis décimos mais rápido que Kimi Raikkonen, o segundo até então.

Pouco tempo depois, Sebastian Vettel diminuiu a diferença para o australiano, mas ainda ficou a quatro décimos. Lewis Hamilton aparecia com a terceira melhor marca restando seis minutos.

Valtteri Bottas chegou a ficar entre os últimos cinco, mas nos minutos finais fez o terceiro melhor tempo.

No final, os eliminados no Q1 foram Brendon Hartley, Marcus Ericsson, Lance Stroll, Kevin Magnussen e Max Verstappen, que sequer foi à pista.

No Q2, os pilotos da Mercedes arriscaram o composto ultramacio, já os outros continuaram com o hipermacio.

Ricciardo continuou dando as cartas, com 1min11s353, novo recorde da pista. Vettel e Raikkonen vinham logo atrás.

A Mercedes optou pelos hipermacios restando seis minutos para o fim do Q2, já que Bottas e Hamilton estavam entre os eliminados, até então. E naturalmente, ambos conseguiram marcas confortáveis logo na primeira volta rápida.

Ainda deu tempo para Ricciardo diminuir ainda mais seu recorde, com 1min11s278. Raikkonen e Vettel vinham logo atrás.

Os eliminados do Q2 foram: Nico Hulkenberg, Stoffel Vandoorne, Sergey Sirotkin, Charles Leclerc e Romain Grosjean.

Os 12 minutos do Q3 prometiam ser emocionantes, já que mesmo com o domínio de Ricciardo, a Ferrari se aproximou do australiano.

O piloto da Red Bull começou correspondendo às expectativas e baixou ainda mais o recorde da pista, com 1min10s810. Antes da última tentativa, Hamilton era o segundo, Vettel o terceiro e Raikkonen o quarto.

Mas nada mudou em relação ao pole, com Riccirado conseguindo o feito pela segunda vez na carreira. Vettel conseguiu superar Hamilton no fim e largará ao lado do australiano. O inglês terá Raikkonen ao seu lado.

O GP de Mônaco acontece neste domingo, às 10h10, horário de Brasília.

Confira o grid de largada:

Cla # Piloto Chassi Motor Tempo Gap km/h
1 3 australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 1'10.810   169.654
2 5 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 1'11.039 0.229 169.107
3 44 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 1'11.232 0.422 168.648
4 7 finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 1'11.266 0.456 168.568
5 77 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 1'11.441 0.631 168.155
6 31 france Esteban Ocon  Force India Mercedes 1'12.061 1.251 166.708
7 14 spain Fernando Alonso  McLaren Renault 1'12.110 1.300 166.595
8 55 spain Carlos Sainz Jr.  Renault Renault 1'12.130 1.320 166.549
9 11 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 1'12.154 1.344 166.493
10 10 france Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 1'12.221 1.411 166.339
11 27 germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 1'12.411 1.601 165.902
12 2 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 1'12.440 1.630 165.836
13 35 russia Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 1'12.521 1.711 165.651
14 16 monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 1'12.714 1.904 165.211
15 8 france Romain Grosjean  Haas Ferrari 1'12.728 1.918 165.179
16 28 new_zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 1'13.179 2.369 164.161
17 9 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 1'13.265 2.455 163.969
18 18 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 1'13.323 2.513 163.839
19 20 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 1'13.393 2.583 163.683
20 33 netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG

Galeria: Ricciardo massacra concorrência e é pole em Mônaco