Supercarro inglês terá venda revertida ao Instituto Senna. E todas as 500 unidades previstas já foram encomendadas...

A McLaren surpreende e batiza de Senna o projeto até então conhecido como P15, que acaba de ser revelado neste fim de semana. Trata-se do carro da marca mais focado em pista que pode rodar nas ruas, fazendo assim a justa homenagem ao piloto brasileiro Ayrton Senna da Silva. Somente 500 carros serão produzidos, e todos terão sua venda em benefício do Instituto Senna. Como esperado, todos os modelos já foram vendidos. Preço? 750 mil libras no Reino Unido (cerca de R$ 3,3 milhões). 

Estilo é subjetivo, mas não há dúvidas de que o McLaren Senna aposta num design fora do comum como consequência de a carroceria ter sido desenvolvida para o máximo de performance. Ela representa o auge do princípio "a forma segue a função", que tem como objetivo reduzir o arrasto aerodinâmico e e melhorar a refrigeração ao mesmo tempo. Do duplo difusor sob o carro à enorme asa traseira (ativa), o supercarro é resultado de incontáveis horas no túnel de vento.  

2018 McLaren Senna
2018 McLaren Senna

Os painéis de porta transparentes são no mínimo peculiares, enquanto os freios de carbono-cerâmica chamam a atenção por detrás das rodas vestidas com pneus Pirelli P-Zero Trofeo R. Cada disco desse leva sete meses para ser feito, segundo a McLaren. Feita em fibra de carbono, a cabine adota um layout minimalista, mas ainda assim traz mimos como sistema de infoentretenimento, câmera de ré, painel digital e sistema de som. Não haverá dois McLaren Senna com bancos iguais. Cada um será feito em fibra de carbono especialmente para seu comprador. 

Passando ao motor, temos o conhecido 4.0 V8 biturbo aplicado no modelo 720S, mas retrabalhado para entregar 800 cv de potência e 800 Nm de torque (81,6 kgfm). Além de ser 80 cv e 3 kgfm mais forte que o propulsor do 720S, o McLaren Senna também é significativamente mais leve, pesando apenas 1.198 kg, ou 85 kg a menos que o irmão. 

2018 McLaren Senna
2018 McLaren Senna

Dados de performance ainda não foram divulgados, mas podemos esperar que seja um canhão por conta dos dados técnicos. "Desempenho selvagem" é uma das promessas feitas pelo sobrinho de Ayrton, Bruno Senna, que esteve diretamente envolvido no projeto do supercarro. 

A produção vai começar no último trimestre de 2018, com a primeira aparição pública marcada para o Salão de Genebra, em março. 

Fotos e vídeo: McLaren

Galeria: McLaren Senna 2018