Modelo de porte médio chegará ao mercado em 2019

Anunciado como responsável pela grande virada tecnológica da Volkswagen depois do Dieselgate, o lançamento da linha de modelos elétricos I.D. já tem data marcada para acontecer.

Em anúncio realizado nesta semana, a marca confirmou a assinatura de contratos com fornecedores e definiu que, dentro do prazo máximo de exatamente 100 semanas, o primeiro representante da nova família sairá das linhas de montagem na Alemanha. A estreia é a apenas a primeira de uma extensa leva de elétricos programados para os próximos 5 anos que resultará, segundo a própria VW, "na maior ofensiva de produtos e tecnologia da história".

Leia também:

Volkswagen I.D. Concept

"Os preparativos para a entrada nesta nova era de mobilidade elétrica acessível estão bem encaminhados", disse o CEO Herbert Diess. Ainda segundo o executivo, a fábrica de Zwickau, na região da Saxônia, concentrará a produção da maioria destes novos modelos e, não por acaso, será transformada no "maior centro de mobilidade elétrica de toda a Europa". Este novo portfólio será sustentado pela plataforma modular MEB, desenvolvida especialmente para esta finalidade. A Volkswagen, sozinha, lançará 20 novos modelos e, somando todas as marcas do grupo, este número chegará a 32 novos elétricos até 2022.

Volkswagen I.D. Family

O primeiro a ser lançado, batizado apenas de I.D., chegará ao mercado em 2019 e será um hatchback de porte médio. Na seqüência, serão apresentados o I.D. Buzz (releitura da finada Kombi) e o I.D. Crozz (carroceria SUV), seguidos de uma série de derivações. Concessionárias da Europa, Estados Unidos e China serão as primeiras a receber a nova gama.

Fotos: Divulgação

Galeria: Volkswagen I.D. Concept