Versão para smartphones será testada em Goiás durante o mês de setembro

Uma nova decisão do Contran adianta o lançamento da CNH digital para até 1º de fevereiro de 2018. A Resolução nº 687, publicada no dia 17 de agosto, antecipa a implantação do sistema, antes prevista para valer a partir de fevereiro. A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) possibilitará aos condutores apresentar o documento através de um aplicativo para smartphones, dispensando o porte da versão física.

Leia também:

A mudança na data de implementação é consequência da conclusão do projeto piloto da CNH digital. Goiás irá adotar o sistema primeiro, a partir de setembro, em caráter de testes. O aplicativo para smartphones já está pronto. Dependendo do resultado do teste, os demais estados poderão iniciar o uso do sistema em seguida, com o dia 1º de fevereiro como prazo limite.

Os motoristas de todo o país terão a opção de usar a CNH-e no lugar do documento impresso. Quando o sistema estiver funcionando integralmente, o condutor deverá fazer um cadastro no site do Denatran ou em uma unidade do Detran para obter o login e o código PIN. Basta inserir esses dados no aplicativo para celulares e a CNH poderá ser exportada para o aparelho. Os agentes de trânsito poderão ler o documento pelo certificado digital ou pelo código QR (que passou a ser emitido em todas as CNHs desde maio deste ano).