A boa notícia é que ele permanece fiel ao conceito

Com estreia aguardada para o Salão de Frankfurt, o Jaguar I-Pace de produção apareceu nas ruas de Mônaco sem qualquer disfarce. Aparentemente, o primeiro carro 100% elétrico da marca britânica participava de uma sessão de filmagens para um vídeo publicitário. 

Leia também:

Elegante e moderno, o I-Pace apareceu pela primeira vez no Salão de Los Angeles, em novembro de 2016, e mais recentemente no Salão de Genebra, em março. O que chama a atenção é o fato de a versão final ter mantido em grande parte os traços do conceito.

Além do visual revelado, algumas informações técnicas já foram divulgadas, como por exemplo o generoso pacote de baterias de 90 kWh que dará ao modelo autonomia de nada menos que 500 km com uma carga completa, de acordo com os padrões otimistas do Driving New Europeu (NEDC). No teste mais realista da agência norte-americana EPA, o crossover de emissão zero vai fazer 354 km com uma carga. 

 

2018 Jaguar I-Pace render

  

O trem de força será composto por dois motores elétricos - um para cada eixo. No total, a potência combinada será de respeitáveis 400 cv (300 kW) e torque máximo de 71,3 kgfm. Números que garantem aceleração de 0 a 96 km/h em cerca de 4 segundos, só um décimo mais lento que o superesportivo F-Type.

Flagra: KGP
Projeção - Omniauto

Jaguar I-Pace - flagra