Acordo pode entrar em vigor em um prazo de 60 dias e permitirá vendas de até 50 mil unidades em 3 anos

Conforme adiantamos na segunda-feira (10), o Brasil fechou um acordo de livre comércio com a Colômbia. O novo tratado vai permitir ao país triplicar as exportações de veículos sem imposto para o país sul-americano no prazo de três anos. 

Leia também:

Em linhas gerais, o acordo vai zerar a alíquota de 16% de Imposto de Importação que os modelos brasileiros precisam pagar para entrar na Colômbia e estabelecer cotas para que os dois países possam exportar automóveis e comerciais leves. Serão 12 mil unidades no primeiro ano, 25 mil no segundo ano e 50 mil no terceiro ano. Após o período inicial está prevista uma revisão nas quantidades, que, se não for feita, permanecerá nos 50 mil.  

 

Fabrica Volkswagen Taubate - up

 

Esse número representa quase 10% de tudo o que foi exportado em 2016, quando 520 mil unidades foram embarcadas para o exterior.  

“Tivemos uma sinalização positiva por parte do Governo Federal sobre as tratativas entre Brasil e Colômbia. Precisamos, agora, aguardar a internalização do acordo, mas temos uma expectativa de que em até 60 dias tudo esteja em vigor nos dois países. Este acordo é de extrema importância para a indústria automobilística, pois permitirá mais integração e negócios para ambos os lados”. afirmou Antonio Megale, presidente da Anfavea.

Fotos: divulgação