Ford e GM (Holden) já haviam anunciado o fim da produção local

Depois da Ford e da Holden (braço local da GM) anunciarem o encerramento da produção de veículos na Austrália, agora é a vez da Toyota. A marca japonesa, que produz o Camry nas versões a gasolina e híbrida no país, disse que cessará a produção no dia 3 de outubro de 2017. 

Na verdade, a Toyota já havia informado a intenção de desativar a linha de montagem na Austrália em 2014. O cronograma de desligamento prevê o encerramento da produção do Aurion em agosto, do Camry Hybrid em setembro e por último, o Camry a gasolina no dia 3 de outubro. 

 

 

Toyota Austrália

 

Leia também:

Com o fim das atividades da fábrica australiana, a Toyota passará a importar a nova geração do Camry diretamente do Japão. A Ford, por sua vez, encerrou a produção no país em outubro passado e a Holden o fará no dia 20 de outubro deste ano. 

A saída das grandes montadoras representa uma guinada na indústria automotiva da Austrália, um país com um vasto território e apenas 24 milhões de habitantes. As marcas continuam a operar localmente, mas agora como importadoras.

Fotos: divulgação