Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor

Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor
É dura a vida dos não japoneses no segmento de sedãs médios. E o Citroën C4 Lounge que o diga. Não bastava oferecer o motor 1.6 turbo e uma das melhores relações custo-benefício do mercado, era preciso mais. Por isso, agora na linha 2015 o sedã se torna o primeiro turbo flex da categoria, amplia a potência, atualiza o câmbio e ainda ganha equipamentos. Vamos ver como ficou?

O que é?

Revelado pela primeira vez no Salão do Automóvel como C4 Lounge Sport White, este é o primeiro sedã médio a aliar motor turbo de injeção direta e tecnologia bicombustível. Além disso, o C4 Lounge THP Flex chega para consolidar de vez o motor THP como a principal escolha de quem leva o modelo para casa. De acordo com a marca, ele já é a preferência de 40% dos clientes que compram o carro - a expectativa inicial era de apenas 20%! - e deve chegar aos 60% em breve.
Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor
Desde o lançamento, em outubro de 2013, o sedã vendeu 11,7 mil unidades. É pouco diante de Corolla/Civic/Cruze, ainda mais se considerarmos as qualidades do sedã franco-argentino. Aliás, uma das principais características é o amplo espaço para pernas no banco traseiro, que o coloca em posição de destaque neste quesito. Fora isso, a vida bordo permanece boa para ocupantes e motorista. Acabamento de qualidade, bom filtro de ruído externo e lista de equipamentos razoável na versão intermediária Tendance e bem atraente na de topo Exclusive. Só fica devendo mesmo um console central mais moderno, que depõe contra uma cabine tão bem projetada.
Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor

Como anda?

Para avaliarmos a novidade, a Citroën promoveu um test-drive de cerca de 220 km em rodovias e um "exercício" numa pista de aeroporto com 1,5 km no interior de São Paulo. Como o trajeto foi na maior parte em rodovia de asfalto bom e com velocidade de 120 km/h, deu pra explorar bem a disposição do motor. Com potência e torque de sobra, o sedã fez bonito em ultrapassagens e aclives - nem sentiu o peso dos quatro ocupantes e ar-condicionado ligado. Acelerou bem e encarou subidas com o motor cheio de disposição, mesmo nas retomadas em sexta marcha.
Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor
Agora com 173 cv de potência com etanol (166 cv com gasolina) e torque máximo de 24,5 kgfm entre 1.400 e 4.000 rpm, o C4 se posiciona entre os melhores do segmento no que se refere a desempenho - perde apenas para o VW Jetta TSI. O câmbio, que também foi atualizado e ficou 11% mais longo, agradou bastante com trocas rápidas, mesmo no modo manual. Outra novidade é a função RDT (Redução de Tração), que reduz as vibrações em marcha lenta - de fato o C4 L ficou ainda mais "quieto" nessas condições, isolando ainda melhor as vibrações do motor. Além do conforto de rodagem proporcionado pelo bom acerto de suspensão, outro destaque positivo fica para o nível de ruído, que não invadiu a cabine mesmo quando o motor foi mais exigido. Na verdade, pelo desempenho que o carro entrega, ele poderia até ter um acerto um pouco mais firme para "casar" melhor com toda a potência disponível. Diante das melhorias mecânicas e do motor flex, a marca promete redução de 7,5% no consumo de combustível em relação ao antigo modelo a gasolina. Na avaliação não foi possível fazer uma medição precisa, mas no trecho percorrido, andando em média a 120 km/h sem nenhuma preocupação em economizar, o consumo com etanol ficou em 9,3 km/l.
Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor

Quanto custa?

A linha 2015 da versão Tendance THP custa R$ 78.790, um pouco mais caro que o modelo anterior a gasolina, mas ao menos adiciona GPS e controle de estabilidade integrados à lista de novidades. Apesar do bom pacote de equipamentos, fazem falta itens como botão de partida, retrovisores rebatíveis e airbags laterais (nesta versão está disponível airbag duplo). Quem fizer questão destes itens terá que partir para a versão de topo Exclusive, que agora custa R$ 85.490. No mais, é um carro com bom equilíbrio entre conforto, desempenho e espaço interno. Rivais como Civic LXR (R$ 75.900) e Corolla XEi (R$ 82.050), ambos automáticos, pecam pela simplicidade da cabine, não possem controles de estabilidade e tração, e têm desempenho inferior. O Cruze tem um bom pacote, inclusive com ESP/TCS em todas as versões e quatro airbags já na versão de entrada, mas também anda menos e custa mais caro. O que mais se aproxima é o Focus SE, que peca pelo espaço reduzido no banco traseiro. Questionada pelo pós-venda e custo de revisões (que atualmente tem preço fixo em intervalos de 10.000 km), a Citroën promete uma ofensiva a partir de 2015. O foco é a aproximação com o consumidor e aprimoramento do atendimento e serviços - na prática, afastar de vez o estigma de que "carro francês quebra e tem manutenção cara". Ficha Técnica: Citroën C4 Lounge THP Flex Tendance Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros, 1.598 cc, 16V Flex; Potência: 166/173 cv a 6.000 rpm; Torque: 24,5 kgfm a 1.400 rpm; Transmissão: automático de seis marchas com modo esportivo e troca sequencial; Peso: 1.469 kg; Capacidades: porta-malas 450 litros; tanque de combustível 60 litros; Rodas: aro 17" pneus 225/45 R17; Dimensões: comprimento 4.621 mm, largura 1.789 mm, altura 1.505 mm, entre-eixos 2.710 mm.

Galeria: Citroën C4 Lounge THP Flex

Volta Rápida: C4 Lounge THP Flex anda mais e melhor

Foto de: Julio Cesar