Vídeo Teste Mercedes-Benz C43 AMG - Quem precisa de V8?

"Por que você vai comprar um carro que quer te matar a cada curva?", gritava o apresentador Jeremy Clarckson enquanto segurava a traseira arisca do antigo Mercedes C63 AMG na pista de testes do programa Top Gear. O tempo passou, o Classe C ganhou uma nova geração, o Top Gear mudou de apresentadores e... o C63 AMG continua a ser um animal quase indomável. Tanto é que a própria AMG viu que havia uma brecha para lançar um C mais manso e amigável com os pilotos de fim de semana. Estava criado o C43 AMG. 

No lugar do V8 biturbo de 4.0 litros e 476 cv do C63, o C43 vem com um V6 biturbo de 3.0 litros e 367 cv. E no lugar da tração somente traseira entrou o sistema 4Matic de tração integral da Mercedes. Mas não pense que o C43 é carro de tiozinho. O V6 entrega mais de 52 kgfm de torque e a tração nas quatro rodas é enviada em sua maior parte para o eixo traseiro - numa proporção de 69/31%, para ser mais exato. Ou seja, o cupê alemão continua com uma tocada mais "traseira" nas curvas, só que sem a insanidade do C63.

No entanto, o desempenho continua de tirar o fôlego: em nossas medições, o C43 cravou os exatos 4,7 segundos de 0 a 100 km/h que a Mercedes diz que ele faz. Na retomada de 80 a 120 km/h, foi um tiro de 3,2 segundos. Mas o que impressiona é que o fôlego do V6 parece não acabar, enquanto as 9 marchas da transmissão automática são engolidas. E ainda tem o ronco... Bom, não peca tempo e confira o nosso vídeo!

 

 

Fotos: Mario Villaescusa e divlgação 

Mercedes-Benz C43 AMG

...