Mostrado no Salão do Automóvel de 2008, tinha câmbio de Stilo e painel de Cinquecento

Nome: Fiat FCC II

Estreia: Salão do Automóvel de São Paulo 2008

Especificações: Motor elétrico de 80,2 cv e 22,9 kgfm, câmbio Dualogic automatizado de 5 marchas.

Porque lembramos dele: Muito se questiona atualmente o fato de o grupo FCA não ter planos concretos para veículos elétricos. Mas este protótipo mostrado há 10 anos mostrava que a Fiat já previa um futuro ecologicamente correto: tinha motor elétrico e construção com materiais alternativos e reutilizáveis. O modelo em questão era o FCC II, que a princípio se chamaria Bugster - por causa do formato da carroceria. Foi concebido seguindo o conceito Enviroment & Fun, ou seja, um carro eficiente e divertido. 

Conceitos Esquecidos: Fiat FCC II (Bugster)

Na definição da Fiat na época, o FCC II era "um laboratório de pesquisas na busca de novas tecnologias, o ponto de partida para a adoção de novas soluções de mobilidade com materiais alternativos e não poluentes”. Os painéis de carroceria, por exemplo, foram injetados em compósito com nanoargila, enquanto a chave de fenda do kit de ferramentas era feita de plástico reciclado com fibras de curauá e sisal. Outros componentes como discos de freio e molas da suspensão receberam revestimentos organometálicos, isentos de metais pesados. A espuma dos bancos foi feita com 30% de poliol de óleo de soja reciclado.

Leia também:

O propulsor elétrico entregava potência máxima de 59 kW (80,2 cv) e 22,9 kgfm de torque, trabalhando em conjunto com a transmissão automatizada Dualogic de 5 marchas, vinda dos Fiat Stilo e Linea. As 93 baterias de íon lítio ficavam no centro do carro, para melhor distribuição de peso. Carregadas em tomada de 220 V, eram suficientes para 100 km de autonomia. 

Conceitos Esquecidos: Fiat FCC II (Bugster)

Com peso de apenas 980 kg, o bugue elétrico da Fiat vinha equipado com rodas aro 19" e pneus 255/55 R19, que ajudavam a elevar a altura do solo para 193 mm. O comprimento era de 3,245 metros, com 1,814 m de largura, 1,480 m de altura e 2,155 m de entreeixos. Tinha capacidade para apenas dois ocupantes, com volante e quadro de instrumentos vindos do Fiat 500 e um seletor de marchas no próprio painel, por meio de botões - solução que mais tarde seria usada no Uno Dualogic, embora com os botões do câmbio no lugar da tradicional alavanca. 

Fotos: Divulgação 

Galeria: Conceitos Esquecidos: Fiat FCC II (Bugster)