Jeitão de Idea Adventure com motor 2.4 de 167 cv do Stilo Abarth

Nome: Fiat FCC Adventure

Estreia: Salão do Automóvel de São Paulo 2006

Especificações: 2.4 Fivetech 20V, cinco cilindros, 167 cv, 22,8 kgfm, câmbio manual de 5 marchas, tração dianteira com diferencial autoblocante

Porque lembramos dele: A festa de 30 anos da Fiat no Brasil veio com um conceito feito pelo Centro de Estilo da marca no país, o FCC (Fiat Concept Car) Adventure. A ideia era pegar todos os elementos que formam um carro da linha Adventure (o Idea tinha acabado de ser lançado nesta versão) e colocar em um modelo com pegada futurista. O exercício deu origem a um hatch com proporção de esportivo, só que com suspensão elevada para ter um bom ângulo de entrada e saída e altura do solo superior. 

Fiat FCC Adventure

Chama a atenção por suas proporções até exageradas para um cupê. O caimento do teto é bem acentuado, as caixas de rodas são bem grandes, ainda mais do que as rodas de 18 polegadas com os enormes pneus Pirelli PZero 285/60. Ao invés de ter um porta-malas, ele tem uma pequena área com o estepe, protegido pelo resto do teto e uma asa traseira. Esta parte levanta como uma tampa de porta-malas, para dar acesso ao pneu sobressalente, como em alguns carros de rali. 

Como se não bastasse ter um design diferente, a Fiat ainda mostrou o conceito com a carroceria pintada na cor laranja metalizada Tricoat. Ela muda de tom conforme a iluminação, passando de amarelo até vermelho. O interior não é menos chamativo, com acabamento em preto, prata e laranja, bancos concha também em laranja e com cintos de segurança de cinco pontos. Até o volante era chamativo, com o logo da Fiat bem grande, junto ao painel de instrumentos trazido justamente do Idea Adventure. 

Fiat FCC Adventure

A motorização foi emprestada do Stilo Abarth, com o motor 2.4 Fivetech 20V com cinco cilindros, que gera 167 cv a 5.750 rpm e 22,8 kgfm de torque a 3.500 rpm, combinado ao câmbio manual de 5 marchas e tração dianteira. Tinha alguns detalhes exclusivos, como diferencial autoblocante e suspensão independente nos dois eixos, usando multibraços na traseira ao invés de eixo de torção como no Stilo.

Fiat FCC Adventure

Como era um exercício de design para a equipe do estúdio brasileiro, não deu origem a nenhum modelo. Mas fez sucesso mesmo assim. Além de ter atraído o público no Salão do Automóvel de 2006, foi levado para a Europa, sendo apresentado no Salão de Bolonha (Itália).

Fotos: Divulgação

Galeria: Fiat FCC Adventure